Ex-ministro da Saúde alerta para “exagero de interpretação” dos números da Covid-19

  • ECO
  • 12 Julho 2020

Em entrevista à SIC Notícias, o ex-ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, afirmou que há "um exagero de interpretação e até de abordagem do problema" nos números da Covid-19 em Portugal.

Adalberto Campos Fernandes, ex-ministro da Saúde, considera que há um “exagero de interpretação” dos números da pandemia em Portugal. Numa entrevista à SIC Notícias, o também especialista em Saúde avisou que o país não está numa situação de “descontrolo”.

“Nem na primeira fase nós estivemos no paraíso, nem agora estamos a caminho do inferno. Há aqui um exagero de interpretação e até de abordagem do problema”, disse o antigo ministro, referindo-se ao período antes de 2 de março, em que Portugal ainda não registava qualquer caso de Covid-19, enquanto outros países europeus já registavam várias centenas de infeções.

Dito isto, Adalberto Campos Fernandes reafirmou: “Nem nós em março estávamos imunes à aquisição de infeção pelo vírus, porque a nossa genética não é única no universo — somos tão biológicos como os espanhóis ou italianos –, nem afora estamos a caminho de uma situação caótica, de descontrolo da situação. E isso é importante que os portugueses percebam”, reiterou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-ministro da Saúde alerta para “exagero de interpretação” dos números da Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião