Governo investe 8,5 milhões na compra de mais radares

Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária vai poder adquirir novos radares, num montante que pode chegar aos 8,54 milhões de euros, entre 2020 e 2024. Objetivo é reduzir a sinistralidade.

O Governo deu “luz verde” à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) para a aquisição de novos radares para os próximos quatro anos, num investimento que ronda os 8,5 milhões de euros. A medida tem como objetivo reduzir a sinistralidade nas estradas portuguesas.

Em causa está a “aquisição, instalação, ativação e manutenção” de radares para “os anos de 2020 a 2024“, sendo que o Executivo determina que esta despesa não pode exceder os 8.548.000 euros e terá de ser realizada “por recurso ao procedimento pré-contratual de concurso público, com publicação de anúncio no Jornal Oficial da União Europeia“, lê-se na resolução de Conselho de Ministros publicada esta sexta-feira em Diário da República.

Não obstante, o Governo determina que esta despesa deverá ser feita de forma faseada durante estes quatro anos. Até ao fim deste ano a ANSR está autorizada a gastar 585 mil euros, 5,25 milhões em 2021 (o ano com o maior orçamento), 1,05 mihões de euros em 2022 e 828,75 mil euros em cada um dos últimos dois anos.

Estes novos radares terão a capacidade de medir a velocidade média entre dois pontos e são os primeiros do género em Portugal. Com esta medida, o Governo pretende promover o cumprimento dos limites de velocidades legalmente estabelecidos e, consequentemente combater a prática de velocidades excessivas, por forma a diminuir a sinistralidade e a “gravidade das suas consequências“, lê-se.

Esta resolução foi aprovada no passado dia 30 e julho, em Conselho de Ministros, com assinatura do primeiro-ministro, António Costa, e do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, e insere-se no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária – PENSE 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo investe 8,5 milhões na compra de mais radares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião