Furacão Laura atira petróleo para máximos de cinco meses

À espera do furacão Laura, os produtores americanos cortaram a produção em 1,56 milhões de barris por dia, representando 84% da produção offshore no Golfo do México.

Os preços do petróleo estão em alta, com a cotação do barril de “ouro negro” próxima do valor mais elevado desde março, impulsionada pelo facto de muitos produtores americanos estarem a fechar as suas plataformas offshore no Golfo do México antes da passagem do Furacão Laura.

O contrato do crude WTI valoriza 0,02% para 43,36 dólares, em Nova Iorque. Já o barril de Brent, que serve de referência para as importações nacionais, ganha 0,17% para 45,94 dólares.

“Os investidores no mercado de petróleo vão estar ocupados com o furacão durante esta quarta-feira”, disse Tamas Varga, da PVM. “Assim que o perigo passar, as considerações em relação à procura vão voltar a ser o foco novamente”, acrescentou.

À espera do furacão, os produtores cortaram a produção em 1,56 milhões de barris por dia, representando 84% da produção offshore no Golfo do México. Aquando do furacão Katrina, há 15 anos, a produção foi cortada em 90%.

Os preços do petróleo estão ainda a ser impulsionados pelas declarações de oficiais norte-americanos e chineses em relação ao compromisso em torno da Fase 1 do acordo comercial entre as duas maiores economias mundiais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Furacão Laura atira petróleo para máximos de cinco meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião