Fitch desce rating de Angola indicando possível default

  • Lusa
  • 4 Setembro 2020

"A descida do rating reflete o significativo aumento na dívida pública, a reduzida flexibilidade do financiamento externo e a decrescente liquidez externa", diz agência.

A agência de notação financeira Fitch Ratings desceu esta sexta-feira o rating de Angola para CCC, indicando que há uma possibilidade real de Incumprimento Financeiro (default), devido ao significativo aumento da dívida pública e deterioração das finanças públicas.

“A descida do rating reflete o significativo aumento na dívida pública, a reduzida flexibilidade do financiamento externo, como é evidente na forte subida dos juros da dívida, e a decrescente liquidez externa”, diz a Fitch Rating na explicação da ação de rating, que surge menos de seis meses da última revisão em baixa, em março.

“A sustentabilidade da dívida pública piorou e as debilitadas finanças públicas vão inibir as autoridades de baixarem significativamente o nível da dívida durante os próximos dois anos”, argumentam, prevendo que no final deste ano o rácio da dívida sobre o PIB suba para 129%, o que representa “850% das receitas do Governo, mais do dobro da média dos países com rating B, com 356%, e é indicativo das dificuldades de Angola em aumentar a receita não petrolífera”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fitch desce rating de Angola indicando possível default

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião