Estudo serológico em Portugal já tem quase metade dos 12 mil voluntários

  • Lusa
  • 9 Setembro 2020

Mais de 5 mil voluntários inscreveram-se no site onde é feito o registo para o painel serológico nacional Covid-19, ficando preenchidas quase 45% das amostras no 1.º dia de funcionamento.

Mais de cinco mil voluntários inscreveram-se na terça-feira no sítio da internet onde é feito o registo para o painel serológico nacional Covid-19, ficando preenchidas quase 45% das amostras no primeiro dia de funcionamento.

Em comunicado, o Instituto de Medicina Molecular (IMM) avança que, apesar de todas as questões técnicas registadas na plataforma, foi feito o registo de 5.355 voluntários até às 21h00 de terça-feira, quase 45% da amostra total que se esperava reunir num prazo de um mês.

O Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes da Universidade de Lisboa é a entidade que coordena cientificamente o painel serológico nacional Covid-19, que pretende, com recurso a 12 mil voluntários, estudar a prevalência da infeção respiratória em Portugal através de testes serológicos.

As inscrições no sítio www.painelcovid19.pt começaram à 00h00 de terça-feira, mas a plataforma tem estado com problemas técnicos devido à elevada afluência.

No comunicado divulgado esta quarta-feira, o IMM destaca que o lançamento do painel serológico nacional Covid-19 foi acolhido com “o maior interesse e adesão por parte dos portugueses”, tendo “a elevada afluência” à plataforma superado “em muito todas as estimativas” e que já eram “muito acima das referências históricas de estudos semelhantes”.

“Por esta razão, estamos a trabalhar para resolver as questões técnicas necessárias para assegurar um registo dos voluntários correto e eficiente”, refere o IMM, estimando que a situação esteja normalizada nos próximos dias.

Sublinhando que este estudo é “de enorme importância para o país”, o Instituto de Medicina Molecular precisa que as inscrições no painel serológico nacional têm de ser efetuadas exclusivamente através da plataforma.

Segundo o IMM, as linhas de apoio deverão ser consultadas apenas para questões relacionadas com o estudo. Na terça-feira, o IMM aconselhou os interessados a contactarem o número de telefone do IMM 21 799 94 11 como alternativa à linha de apoio 808 100 062, que tem estado congestionada.

Os testes serológicos (recolha de uma amostra de sangue que permite detetar anticorpos para o coronavírus que provoca a doença Covid-19) serão feitos, sem custos para os voluntários, até 7 de outubro em 314 postos de colheita do Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa, empresa parceira, e cobrem todos os distritos do país, incluindo ilhas, num total de 102 concelhos.

Os resultados do estudo, que é financiado em dois milhões de euros pela Sociedade Francisco Manuel dos Santos e pelo grupo Jerónimo Martins e apresentado como “o primeiro painel serológico para a Covid-19 de cobertura nacional alargada”, são esperados no fim de outubro e permitem “dotar Portugal, e também a comunidade científica, da mais completa avaliação já realizada sobre a prevalência da infeção no país”.

A amostra de pessoas tem por base três grupos etários (menores de 18 anos, entre os 18 e os 54 anos e 55 ou mais anos, com estes dois últimos grupos a representarem 81% do universo de voluntários) e a densidade populacional das regiões do país (baixa, média e elevada).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Estudo serológico em Portugal já tem quase metade dos 12 mil voluntários

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião