Negócios na indústria caem 11,1% em julho

  • Lusa
  • 10 Setembro 2020

O índice de Volume de Negócios na Indústria diminuiu 11,1% em julho, um agravamento face à redução de 10,9% em junho, revela o Instituto Nacional de Estatística esta quinta-feira.

Os negócios na indústria diminuíram 11,1% em julho, em termos homólogos, agravando a redução de 10,9% em junho, revela dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), hoje divulgados.

Em julho, este índice do INE relativo ao mercado nacional caiu 9,1% face ao mesmo mês do ano passado, mais do que a descida homóloga de 8,4% em junho, e no mercado externo registou uma redução de 13,9%, inferior à queda de 14,5% no mês anterior.

Por agrupamentos, a energia deu o contributo mais negativo para a variação do índice total, resultante da diminuição de 21%, superior à redução de 18,9% em junho.

Já os agrupamentos dos bens intermédios recuaram 9,6%, menos do que a descida de 11,1% no mês anterior, e o dos bens de investimento e os bens de consumo tiveram quedas de 11,2% e 5,7%, respetivamente, contra descidas de 13,6% e 2,9% em junho, pela mesma ordem.

Este ano, a maior queda do índice de volume de negócios na indústria do INE foi de 33,5%, registada em abril, e a segunda maior de 30,9%, em maio.

O emprego, as remunerações e as horas trabalhadas registaram reduções homólogas de 2,9%, 0,5% e 9,1%, contra descidas de 2,9% 2,3% e 9,3% em junho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Negócios na indústria caem 11,1% em julho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião