TVI lidera em dia de novidades como Big Brother e novos estúdios de informação

  • ECO
  • 14 Setembro 2020

A TVI ficou à frente da SIC em audiências num domingo marcado por várias novidades, como a estreia de Big Brother Revolução e dos novos estúdios de informação da estação da Media Capital.

A TVI conseguiu ficar à frente da SIC nas audiências deste domingo, dia do regresso de Big Brother ao pequeno ecrã e da apresentação do novo estúdio de informação. A estação de Queluz de Baixo conseguiu um share médio de 19,2%, contra 18,1% da estação concorrente sedeada em Paço d’Arcos.

O pódio dos programas mais vistos em quota de audiências também foi totalmente ocupado por programas do quarto canal, com o novo reality show apresentado por Teresa Guilherme à cabeça. Um dos segmentos do programa, Big Brother – A Revolução, Alarme, chegou mesmo a registar um share de 29,2%, enquanto o programa completo, Big Brother – A Revolução, emitido a partir das 21h39, alcançou os 28,2%.

O Jornal das 8, apresentado por José Alberto Carvalho e Pedro Mourinho, que transitou recentemente da Impresa para a Media Capital, ficou em terceiro lugar, com uma quota de 25,9%, um programa marcado pela nova identidade visual da informação da TVI e por um novo estúdio de informação, tido como mais moderno do que o anterior. Foi para o ar às 19h57 e teve a duração de hora e meia.

A SIC também conseguiu alguns destaques. O programa especial sobre o ator Ângelo Rodrigues registou um share de 22,3%, ainda assim inferior aos 22,9% que foram registados pelo Jornal da Noite da SIC, emitido durante pouco mais de uma hora a partir das 20h.

Estes resultados podem ser explicados pelo “efeito novidade” na TVI, altura em que a estação implementa um ambicioso plano para reconquistar a liderança das audiências à rival SIC, que alcançou o título no ano passado e o mantém atualmente. Um dos pontos desse plano foi a recontratação da apresentadora Cristina Ferreira, que tinha transitado da TVI para a SIC no final de 2018, regressando agora na qualidade também de acionista da Media Capital.

A “nova TVI” tem ainda novos donos, para além de Cristina Ferreira. Mário Ferreira, líder da Douro Azul (que também é acionista do ECO) tem mais de 30% da Media Capital. Uma série de outros investidores também já assinaram contratos de promessa de compra e venda com a Prisa para a aquisição de cerca de 65% do capital do grupo, tendo os nomes sido anunciados a 11 de setembro.

Os próximos meses ditarão se a TVI vai mesmo conquistar a liderança das audiências à SIC, ou se o grupo liderado por Francisco Pedro Balsemão se manterá na frente, algo que acontece há 19 meses consecutivos. Em agosto, a SIC continuou a liderar em share com uma margem expressiva, obtendo 19,5% de share contra 15,6% da TVI e 11,2% da RTP.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

TVI lidera em dia de novidades como Big Brother e novos estúdios de informação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião