Subscrições tipo “Netflix” a caminho do setor da aviação

  • ECO
  • 21 Setembro 2020

Pagar uma mensalidade e ter direito a um bilhete de ida e volta para qualquer destino todos os meses pode vir a ser uma realidade em breve. Companhias aéreas estão de olho no modelo "Netflix".

E se, em vez de comprar bilhetes, pudesse viajar com uma subscrição? Essa poderá ser uma realidade muito em breve. O modelo de negócio “Netflix” está a chegar à aviação civil europeia, numa altura em que a generalidade das companhias aéreas busca novas fontes de receita perante o impacto da pandemia.

A tecnológica Caravelo está na corrida e encontra-se a negociar com várias companhias aéreas de Espanha, Reino Unido e de outros países, com vista a oferecer um modelo de subscrição deste tipo na Europa. Há já pelo menos uma empresa de aviação espanhola a bordo, segundo revelou esta segunda-feira o El Economista.

Segundo o jornal espanhol, a subscrição mensal poderá dar direito a um bilhete por mês a um preço fixo e reduzido para qualquer destino e a qualquer momento. Um estudo de mercado da Caravelo indica que os viajantes estão dispostos a pagar entre 44 e 64 euros por uma viagem de ida e volta todos os meses.

Face à crise sanitária mundial, os aviões de passageiros ficaram em terra. O levantar do confinamento reanimou ligeiramente as ofertas, mas ainda assim em níveis muito abaixo dos registados antes da Covid-19. Neste contexto, o modelo de subscrições é vantajoso para as empresas na medida em que permite gerar uma linha de receita estável numa altura de grande incerteza.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Subscrições tipo “Netflix” a caminho do setor da aviação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião