Hoje nas notícias: Rendas, subsídios e autárquicas

  • ECO
  • 23 Setembro 2020

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

A pandemia continua a marcar a atualidade. O PS vai viabilizar uma proposta do Bloco de Esquerda que prolonga até ao final do ano as medidas extraordinárias de apoio às rendas. Ao mesmo tempo, apesar de o diploma relativo aos subsídios de doença por Covid-19 ter sido aprovado em Conselho de Ministros em finais de agosto, os pagamentos só vão ser realizados em outubro. Estudo da consultora norte-americana McKinsey aponta o fim da pandemia para meados de 2021. No plano político, 33 autarcas do PS e do PSD não se podem recandidatar nas próximas eleições, já que cumpriram três mandatos.

Apoios ao arrendamento vão ser prolongados até fim do ano

O PS vai viabilizar uma proposta do Bloco de Esquerda que prolonga até ao final do ano as medidas extraordinárias de apoio às rendas criadas na sequência da pandemia. Ainda assim, é intenção dos socialistas introduzirem algumas alterações, para evitarem que a medida dê proteção a situações de incumprimento. Por exemplo, no caso dos contratos que já caducaram, a lei só protegerá os inquilinos que “esteja a cumprir as suas obrigações contratuais”, ou seja, o pagamento da renda. Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago).

PS quer permitir criação de sociedades mistas

O que tem um engenheiro a ver com um advogado? Ou um solicitador com um médico? É possível que, em breve, indivíduos de diferentes classes profissionais possam constituir uma sociedade mista. O PS está a trabalhar numa revisão da lei que regula as diferentes Ordens, visando permitir a constituição de sociedades multidisciplinares, mas também quebrar limitações no acesso às profissões e impor um ano como duração máxima dos estágios. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

PS e PSD têm de mudar 33 presidentes de câmara

Nas próximas eleições autárquicas, o PS tem que mudar 20 presidentes de câmara, enquanto o PSD terá que renovar 13, já que a lei proíbe que se recandidatem quando já cumpriram três mandatos. No total, são 33 os autarcas que não se podem recandidatar para as eleições locais. O partido liderado por Rui Rio vão avançar em outubro com a avaliação concreta dos candidatos, adiantou o secretário-geral do PSD, José Silvano. Leia a notícia completa no Público (acesso pago).

Baixas a 100% só vão ser pagas em outubro

Os doentes que estiveram infetados com a Covid-19 ou que estiveram em isolamento profilático só vão receber a 100% os respetivos subsídios por doença e isolamento profilático em outubro, revelou ao CM fonte do gabinete do secretário de Estado da Segurança Social, Gabriel Bastos. Retroativos relativos às baixas a partir de 25 de julho também vão ser pagos nessa altura. Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Estudo aponta para fim da pandemia em meados de 2021

Um estudo da McKinsey prevê que o fim epidemiológico da pandemia só chegue no terceiro ou no quarto trimestre de 2021 nos países desenvolvidos, com a transição para a normalidade a acontecer mais cedo, prevista para o primeiro ou segundo trimestre de 2021. Quanto à imunidade de grupo só deverá chegar no outono do próximo ano. Leia a notícia completa no Observador (acesso livre).

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Rendas, subsídios e autárquicas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião