António Coimbra abandona lugar de CEO da Vodafone Espanha

  • Lusa
  • 1 Outubro 2020

O gestor português mantém-se na empresa como presidente não executivo. Será substituído no cargo pelo irlandês Colman Deegan, CEO da Vodafone na Turquia desde 2016.

O irlandês Colman Deegan vai substituir em 01 de novembro como presidente executivo da Vodafone Espanha o português António Coimbra que se manterá como presidente não executivo, anunciou esta quinta-feira a empresa.

Colman Deegan é atualmente presidente executivo (CEO) da Vodafone na Turquia, cargo que ocupa há quatro anos, desde outubro de 2016.

Por seu lado, António Coimbra, que fez 60 anos em setembro passado, mantém-se na subsidiária espanhola, como presidente não executivo, depois de ter chegado à Vodafone Espanha, como CEO, em 2012, depois de ter sido CEO da Vodafone Portugal.

“António Coimbra continuará como presidente não executivo da Vodafone Espanha e desempenhará um papel importante ao longo do processo de transição, ajudando Colman a integrar-se o mais rapidamente possível na dinâmica do mercado e trabalhando com ele e com o comité de gestão na área das relações institucionais e desenvolvimento empresarial em grandes clientes e administrações públicas”, de acordo com o comunicado de imprensa publicado esta quinta-feira pela empresa.

O português iniciou a sua carreira na Vodafone há 28 anos, como diretor comercial na Telecel (agora Vodafone Portugal).

Desde 1995 foi membro do comité executivo local da empresa e em 2009 foi nomeado CEO da Vodafone Portugal.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/vodafone-portugal/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”996″ slug=”vodafone-portugal” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/vodafone-portugal/thumbnail?version=1558898470889&locale=pt-PT&publisher=eco.pt” mce-placeholder=”1″]

Segundo a empresa, nos últimos oito anos, como CEO da Vodafone Espanha, António Coimbra “deu uma contribuição significativa, liderando a empresa durante um período crítico no mercado espanhol das telecomunicações”, tendo sido “responsável nos primeiros cinco anos pela mudança de direção da empresa através da integração da ONO em 2014 e fez da Vodafone Espanha o primeiro operador convergente do Grupo Vodafone”.

Nos últimos três anos, liderou um período de transformação crucial “reposicionando a empresa para competir num ambiente de mercado diferente”, criando uma empresa “eficiente, digital e ágil, uma referência no mercado espanhol entre os operadores premium”, diz o comunicado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

António Coimbra abandona lugar de CEO da Vodafone Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião