Lisboa é o 22.º destino mais popular do mundo. Veja a lista

Londres foi escolhido como o melhor destino do mundo, mas Lisboa também conseguiu um lugar no ranking dos 25 preferidos.

Lisboa continua a somar distinções no que diz respeito ao turismo. Desta vez, a capital portuguesa foi eleita o 22.º destino mais popular do mundo entre os viajantes do Tripadvisor, ficando mesmo à frente de Nova Iorque, sendo que Londres está no topo da lista. Conheça os 25 destinos preferidos.

“Desde cidades icónicas imperdíveis a novas surpresas, estes são os locais que os viajantes mais elogiaram este ano no Tripadvisor”, lê-se no ranking mundial elaborado pelo site de viagens.

E, num ano que foi marcado pela pandemia, em que o turismo foi fortemente prejudicado, Lisboa conseguiu conquistar os viajantes. “Os museus de Lisboa celebram a riqueza da história e cultura da capital portuguesa”, refere o Tripadvisor, acrescentando que “apreciar a arquitetura da cidade” é possível participar em tours guiados.

No top 5 aparece Roma, uma cidade descrita como “uma colagem viva de praças, mercados ao ar livre e locais históricos impressionantes”, atrás de Bali, que surge na 4.ª posição, classificado como “um paraíso indonésio que parece uma fantasia”. Em terceiro lugar está Creta, na Grécia, “uma joia do Mediterrâneo”, e em segundo está Paris. O ranking é liderado por Londres, que “tem vários mundos num só”.

Conheça os 25 destinos mais populares do mundo

 

Entre os vários rankings elaborados pelo Tripadvisor, Portugal conseguiu ainda um lugar entre os melhores hotéis do mundo e dois lugares nas melhores experiências. A Quinta Jardins do Lago, no Funchal, foi escolhida como o 4.º melhor hotel do mundo. Enquanto isso, nas 25 principais experiências mundiais estão uma excursão a pé guiada em Lisboa (13.º) e uma excursão ao Vale do Rio Douro para grupo pequeno com degustação de vinhos, almoço português e Cruzeiro opcional pelo rio (15.º).

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Lisboa é o 22.º destino mais popular do mundo. Veja a lista

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião