CTT lideram ganhos em Lisboa. Europa em alta com estímulos nos EUA à vista

Sessão arrancou em alta ligeira, com investidores atentos à evolução das negociações nos EUA em torno de um pacote de estímulos. Lisboa também avança com CTT a somarem mais de 2%.

A bolsa de Lisboa, assim como as principais praças europeias, avança, com os investidores mais otimistas em relação à possibilidade de a Casa Branca e os democratas alcançarem um acordo em torno de um pacote de estímulos nos EUA, apesar da cautela em relação à expansão da pandemia no Velho Continente.

O PSI-20, o principal índice português, soma 0,29% para 4.182,30 pontos, seguindo a tendência dos seus pares. O Stoxx 600 avança 0,2%. O francês CAC-40 valoriza 0,3% e o espanhol IBEX-35 ganha 0,4%. O alemão DAX-30 está em alta de 0,2%.

A Europa acompanha o fecho positivo dos mercados asiáticos e, na véspera, de Wall Street, depois de o chefe do staff da Casa Branca, Mark Meadows, ter adiantado que as negociações entre a porta-voz da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, e o secretário de Estado do Tesouro, Steven Mnuchin, registaram um “bom progresso”, acrescentando que ainda há um “longo caminho a percorrer” até ser alcançado um acordo em torno de um plano de apoio a empresas e famílias para responder à pandemia.

Por cá, a liderar os ganhos no PSI-20 estão os CTT. O operador dos correios avança 2,29% para 2,455 euros, numa altura em que o PCP coloca em cima da mesa a nacionalização da empresa como contrapartida para aprovar o Orçamento do Estado para 2021.

Entre os pesos pesados, o BCP ganha 0,78% para 0,0776 euros, enquanto a EDP e a Galp somam 0,25% e 0,15%, respetivamente.

Apenas três cotadas estão em terreno negativo: a Novabase (-4,32%), a Semapa (-0,43%) e a Jerónimo Martins (-0,24%).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CTT lideram ganhos em Lisboa. Europa em alta com estímulos nos EUA à vista

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião