5 coisas que vão marcar o dia

A ministra do Trabalho vai ao Parlamento dar explicações sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2021. E a Galp Energia apresenta resultados.

No dia em que Ana Mendes Godinho vai ao Parlamento dar explicações sobre a proposta de Orçamento para 2021, a Galp Energia apresenta resultados. Esta segunda-feira fica ainda marcada pela divulgação dos dados da procura turística por residentes e pela apresentação do Plano Turismo +Sustentável. A Semana da Formação Financeira arranca com Mário Centeno.

Mendes Godinho vai ao Parlamento

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social vai, esta segunda-feira, ao Parlamento para uma audição sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2021, que será discutida e votada na generalidade no próximo dia 28 de outubro. Uma das principais medidas deste OE é a criação de um novo apoio social, que as bancadas mais à esquerda querem ver reforçado. O Governo já disse que está disponível para negociar alterações a essa medida, mas só na especialidade.

Galp apresenta resultados

A Galp Energia apresenta, esta segunda-feira, os seus resultados relativos ao terceiro trimestre do ano. Isto antes da abertura dos mercados. No primeiro semestre de 2020, esta empresa registou um prejuízo de 22 milhões de euros. Entre janeiro e junho, o EBITDA RCA diminuiu 31% em termos homólogos para 760 milhões, “impactado pelas fracas condições de mercado no período”, explicou a Galp. Também as receitas deram um trambolhão, tendo caído 31% para 5,6 mil milhões de euros.

Como está a evoluir a procura turística por residentes?

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga, esta segunda-feira, os dados da procura turística por residentes relativos ao segundo trimestre do ano, isto é, ao período em que se verificou a chegada da crise pandémica a Portugal. O setor do turismo foi um dos mais afetados pela pandemia face às restrições à circulação impostas de modo a mitigar a propagação do novo coronavírus. O turismo interno foi, por isso, apontado como um dos principais dinamizadores do mercado nacional. O INE avança também esta segunda-feira os números de 2019 do comércio internacional.

Vem aí turismo mais sustentável?

O Turismo de Portugal apresenta, esta segunda-feira, o “Plano Turismo +Sustentável 20/23”. O evento contará com a participação da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e da secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa. No documento em causa, estão incluídas ações para “reeducar para uma restauração circular e sustentável, desenvolver práticas para uma economia circular, neutralidade carbónica nos empreendimentos turísticos, construção sustentável em empreendimentos turísticos, eficiência hídrica nos campos de golfe em Portugal e a redução do plástico na hotelaria”, anunciou o Turismo de Portugal.

Centeno na Semana de Formação Financeira

Mário Centeno, governador do Banco de Portugal, participa, esta segunda-feira, na sessão solene da Semana de Formação Financeira. Este evento é promovido anualmente pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, com o objetivo de sensibilizar a população para a importância da formação financeira. Pela primeira vez e face à pandemia de coronavírus, a Semana de Formação Financeira será transmitida digitalmente.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião