5 coisas que vão marcar o dia

A proposta do Governo para o Orçamento do Estado para 2021 vai começar a ser discutida, no mesmo dia em que se vai conhecer o défice das contas públicas até setembro.

Esta terça-feira vai ser marcada pelo início da discussão do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, mas também pelos dados que a Direção-Geral do Orçamento vai divulgar que vão mostrar o défice das contas públicas até setembro. É também dia de o Banco de Portugal publicar as conclusões do inquérito sobre o mercado de crédito no terceiro trimestre.

Início da discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2021

A proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) vai começar esta terça-feira a ser discutida no Parlamento, estando a votação agendada para o dia seguinte. Esta terça-feira o PEV vai reunir-se para analisar a proposta do Governo mas, depois das tentativas do Executivo em negociar com os restantes partidos, já se sabe que na votação na generalidade (que acontece esta quarta-feira), a aprovação do documento está assegurada com os votos a favor do PS e 15 abstenções.

Défice continua a crescer. Mas quanto?

A Direção-Geral do Orçamento (DGO) vai publicar esta terça-feira a síntese de execução orçamental até setembro, que vai permitir perceber a evolução das finanças públicas. Até agosto, o Estado registou um défice de 6.147 milhões de euros em contabilidade pública, um valor que representa um agravamento de 6,5 mil milhões face ao mesmo período do ano anterior, “evidenciando os efeitos da pandemia na economia e nos serviços públicos, refletindo igualmente o impacto da adoção de medidas de política de mitigação”, disse o Ministério das Finanças.

Como está o mercado de crédito? BdP responde

O Banco de Portugal (BdP) vai publicar esta terça-feira as conclusões do inquérito feito aos bancos nacionais sobre o mercado de crédito no terceiro trimestre do ano, que vai permitir perceber a evolução dos empréstimos pedidos por empresas e particulares neste período. Recorde-se que, no segundo trimestre, enquanto as famílias travaram fortemente a procura por financiamento, as empresas revelaram um forte apetite por liquidez para fazerem face à sua atividade.

Centeno e banqueiros juntos em plena pandemia

Vai decorrer esta terça-feira a conferência “Banca do Futuro”, que vai discutir a situação da banca numa altura de pandemia e quais os efeitos que o setor está a atravessar decorrentes do coronavírus. Este evento, que vai também tentar antecipar o futuro, vai contar com a presença de Mário Centeno e dos principais nomes dos bancos nacionais: António Ramalho (Novo Banco), João Oliveira e Costa (BPI), Miguel Maya (BCP), Paulo Macedo (Caixa Geral de Depósitos) e Pedro Castro e Almeida (Santander).

Último dia das OPAs à Sonae Capital e Sonae Indústria

Os acionistas que queiram vender as participações na Sonae Capital ou Sonae Indústria nas ofertas públicas de aquisição (OPA) a decorrer já só têm esta terça-feira para o fazer. As duas ofertas que foram lançadas em simultâneo estão a decorrer até às 15h00 e os resultados são conhecidos amanhã, dois dias antes da liquidação financeira na operação.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião