Pascual e Mondelez juntam-se para novo Milka em Portugal e Espanha

  • ECO
  • 10 Novembro 2020

A empresa espanhola Pascual vai comercializar e vender batidos Milka em Portugal e Espanha. Produtos vão estar disponíveis nos super e hipermercados e na hotelaria.

As prateleiras dos supermercados vão passar a vender shakes da Milka. A pensar nos amantes de chocolate, a empresa espanhola Pascual assinou um acordo com a norte-americana Mondelez para produzir e comercializar uma nova linha de batidos da Milka. De acordo com o Cinco Días (conteúdo em espanhol), estes shakes de chocolate serão vendidos em Portugal e Espanha, nos hiper e supermercados e na hotelaria.

A Pascual decidiu juntar ao seu atual portefólio de shakes da marca ColaCao, Nocilla e Okey a marca Milka. Com este acordo, que representa mais um passo na liderança do mercado, a empresa espanhola vai comercial shakes em formato “to go” e em pacote. Por sua vez, estes serão distribuídos na Península Ibérica, no retalho (hipermercados e supermercados) e na hotelaria.

“Com este lançamento, queremos dar um passo à frente depois de termos sido líderes em 2017 com o ColaCao Shake, a atual marca líder no segmento de batidos to go”, diz Natalia Fernández, da Pascual, citada em comunicado.

Os primeiros batidos Milka serão produzidos na fábrica da Pascual em Aranda de Duero. O mercado de shakes cresceu 18% nos últimos dez anos e já conquistou oito milhões de famílias. Em Espanha gera um negócio anual de 168 milhões de euros.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Pascual e Mondelez juntam-se para novo Milka em Portugal e Espanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião