Corrida aos apoios a fundo perdido bloqueia sistema

  • ECO
  • 27 Novembro 2020

Adesão ao site do Balcão 2020 para submeter candidaturas às ajudas públicas do programa Apoiar.pt bloqueou a plataforma que impediu a maioria dos empresários de entregarem os processos.

Em poucos minutos os empresários candidataram-se em massa às ajudas a fundo perdido do programa Apoiar.pt, destinado a ajudar os setores da restauração, comércio e cultura, o que acabou por bloquear a plataforma, impedindo a maioria dos empresários de entregarem os processos, avançou o Correio da Manhã (acesso pago).

A Agência para o Desenvolvimento e Coesão diz ao Correio da Manhã ter-se tratado de “um recorde de candidaturas submetidas”. A bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), Paula Franco, disse que a meio da tarde já existia três mil candidaturas já validadas e que “em poucos minutos, mais de 15 mil pessoas estavam a tentar, ao mesmo tempo, aceder” ao site, conta.

Numa altura em que 16% das empresas estimam só aguentar sete meses se existir um agravamento das restrições sem novas medidas de apoio, a bastonária adianta que “os empresários foram tomados pelo pânico. Com medo que as verbas acabassem no primeiro dia, sobrecarregaram o sistema do Balcão 2020, que não estava preparado para tantas solicitações”, explicou a bastonária.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Corrida aos apoios a fundo perdido bloqueia sistema

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião