Grupo Lusíadas Saúde já chegou a acordo com ADSE para nova tabela do regime convencionado

O grupo Lusíadas Saúde aceitou implementar a nova tabela de preços da ADSE em todas as unidades, quando esta estiver concluída. Deve entrar em vigor até ao final do primeiro trimestre de 2021.

Depois do grupo Trofa Saúde, também a Lusíadas Saúde chegou a acordo com a ADSE para a nova tabela do regime convencionado. O grupo aceita assim implementar os novos preços em todas as unidades de prestação de cuidados de saúde, quando o documento for dado como fechado pelo subsistema de saúde dos funcionários públicos.

O Grupo Lusíadas “assumiu que aceita a nova tabela e a implementará em todas as suas unidades de prestação de cuidados de saúde assim que esta seja considerada como fechada pela ADSE”, adianta o subsistema, numa nota publicada na página oficial. O documento deverá entrar em vigor até ao final do primeiro trimestre do próximo ano, segundo já deu conta a ADSE.

Na nota, refere-se também que a ADSE “se comprometeu a instruir os processos pendentes de pedidos de novas convenções, locais de novas convenções ou convenções para novos atos e a dar-lhes seguimento, assim que estiver concluída a instrução dos respetivos processos”.

Para além do grupo Lusíadas e do Trofa, também já outros prestadores se comprometerem a aderir à nova tabela de preços para o regime convencionado, nomeadamente o Hospital da Terra Quente e com os Grupos Hospital Particular de Viana do Castelo e João Carlos Costa, adiantou ainda a ADSE, no site.

A atualização das tabelas, que se tem vindo a arrastar, tem em vista fixar preços máximos em várias áreas, de forma a limitar as regularizações que resultam dos preços abertos. As regularizações fizeram agravar as tensões entre alguns grupos privados e a ADSE, depois de o subsistema de saúde dos funcionários públicos exigir 38 milhões de euros por faturação excessiva, no final de 2018.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Grupo Lusíadas Saúde já chegou a acordo com ADSE para nova tabela do regime convencionado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião