Bruxelas critica falta de ambição no hidrogénio em Sines: “100 MW até 2025 não é nada”

Na abertura da conferência “Portugal na Vanguarda do Hidrogénio Verde na Europa”, organizada pelo ECO/Capital Verde, Christian Weinberger, da Comissão Europeia, diz que já alertou consórcio H2Sines.

No arranque da conferência “Portugal na Vanguarda do Hidrogénio Verde na Europa”, organizada pelo ECO e pelo Capital Verde, fomos ouvir o que pensam os responsáveis em Bruxelas sobre as ambições nacionais para a produção do gás renovável do futuro, que a União Europeia já classificou como peça indispensável para que o continente se torne no primeiro neutro em carbono em 2050.

Veja o vídeo aqui:

Na sua keynote talk, na abertura desta webconference, Christian Weinberger, da Direção Geral da Comissão Europeia para o Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e PME, não hesita em criticar a falta de ambição das metas para a produção de hidrogénio verde em Sines: “100 MW até 2025 não é nada, assim vão perder o momento”, defende. Ouça as críticas aqui.

O responsável europeu tece também elogios a Portugal e explica porque é que o país é um dos melhores sítios da Europa para produzir hidrogénio verde. Saiba porquê aqui.

A conferência “Portugal na Vanguarda do Hidrogénio Verde na Europa” é organizada pelo ECO/Capital Verde e conta com o apoio da EDP, REN, Martifer, Vestas, Galp e PLMJ.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas critica falta de ambição no hidrogénio em Sines: “100 MW até 2025 não é nada”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião