Governo vai prolongar adesão às moratórias bancárias até 31 de março

Depois de dada a "luz verde" por parte da Autoridade Bancária Europeia, o Governo vai "promover as necessárias alterações à moratória pública no sentido de prolongar as adesões até 31 de março".

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) deu “luz verde” a novas moratórias bancárias, de forma a aliviar o impacto da segunda vaga da pandemia sobre empresas e famílias. O Governo “congratula-se com a decisão da EBA”, comprometendo-se a avançar com as alterações necessárias às moratórias públicas para permitir a adesão a esta até 31 de março.

Esta decisão da EBA é o “reconhecimento de que a segunda vaga da pandemia continua a provocar desafios e constrangimentos de liquidez à economia, em particular às famílias e empresas dos Estados-Membros”, diz o Ministério das Finanças, em resposta a questões colocadas pelo ECO.

“Assim, e de acordo com as decisões divulgadas pela EBA e em consonância com o quadro prudencial europeu, o Ministério das Finanças irá promover as necessárias alterações à moratória pública bancária no sentido de prolongar as adesões à moratória até 31 de março de 2021″, acrescenta.

Essa alteração legislativa de que fala o ministério de João Leão visa “concretizar o regime nacional em conformidade com o quadro prudencial europeu“, ou seja, garantir que as moratórias nacionais seguem as regras de forma a que não tenham impacto nos rácios do sistema financeiro.

Este prolongamento das moratórias, que teve “luz verde” da EBA, tinha sido proposto pelo PSD, tendo contado com a aprovação no âmbito das propostas alteração na especialidade do Orçamento do Estado. Medida contou com o voto contra do PS e o voto favorável de todos os outros partidos.

Recorde-se que a proposta dos social-democratas definia que seria “permitida a adesão ao regime da moratória neste previsto até 31 de março de 2021, com as necessárias adaptações”, sendo que esta estava condicionada à autorização das autoridades regulatórias e de supervisão do setor bancário nacionais ou europeias aplicáveis, o que veio a verificar-se.

(Notícia atualizada às 11h18 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo vai prolongar adesão às moratórias bancárias até 31 de março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião