Há 38 startups a desenvolver projetos turísticos no interior do país

  • Lusa
  • 9 Dezembro 2020

As startups que participam no programa Green Up “foram selecionadas entre mais de cem candidatas". Participantes vão receber formação online.

Sessenta e seis empreendedores de 38 startups selecionadas com projetos para aproveitar o aumento da procura turística no Interior devido à pandemia iniciam na quinta-feira um programa promovido pelos Territórios Criativos e pelo Turismo de Portugal com 40 mentores.

Os participantes vão receber formação e mentoria de especialistas em turismo, empresários, investidores e académicos, num bootcamp online cujo centro de operações é em Alvaiázere, no distrito de Leiria.

Segundo uma nota de imprensa, as startups que participam no “programa de ideação em turismo”, denominado Green Up, e que tem a sustentabilidade dos territórios e a promoção da economia circular como pilares, “foram selecionadas entre mais de cem candidatas constituídas por empreendedores de todo o país formados em turismo, integrando várias delas estudantes que ainda frequentam licenciaturas e mestrados”.

Estas startups “propõem soluções B2B (‘Business to business’, dirigidas a empresas) que apoiem empresas do setor no cumprimento das metas de sustentabilidade definidas pelo Turismo de Portugal”, adianta.

O presidente executivo dos Territórios Criativos, empresa de consultadoria e de apoio ao empreendedorismo que organiza o Green Up para o Turismo de Portugal, explica que “estava previsto que os dois dias [quinta e sexta-feira] de bootcamp fossem presenciais em Alvaiázere”.

Porém, a evolução da pandemia em Portugal e as regras do estado de emergência obrigaram a organização “a pedir aos 66 empreendedores envolvidos e aos seus 40 mentores que permaneçam nos seus escritórios e nas suas casas ao longo da ação”, afirma Luís Matos Martins. Vai ser feito “exatamente o que estava previsto, com a diferença de as sessões coletivas e as interações mentores-empreendedores terem de ser feitas por Zoom”, acrescenta.

A sessão de abertura, às 09:00 de quinta-feira, conta com a participação da secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, e da presidente da Câmara de Alvaiázere, Célia Marques, seguindo-se as sessões temáticas.

O “ponto alto” do bootcamp decorre na tarde de sexta-feira, com a sessão de “Speed Mentoring”, na qual todas as startups fazem pequenas apresentações dos seus projetos a cada um dos 40 mentores que participam nesta edição do Green Up, cabendo a estes “avaliar individualmente as apresentações uma a uma, comentando-as, e dando conselhos e sugestões a cada uma das equipas empreendedoras”.

“Depois, até meados de janeiro de 2021, as equipas serão acompanhadas e apoiadas na construção dos 38 projetos de investimento, dos quais serão selecionados um grupo de finalistas”, acrescenta a organização, referindo que a final decorre em 07 de fevereiro, em Coruche, distrito de Santarém, com apuramento dos vencedores.

Luís Matos Martins refere que o Interior de Portugal “aumentou a sua competitividade enquanto território desde o início da pandemia da covid-19, o que lhe tem valido uma procura histórica em termos de turismo e de restauração, ao contrário do que sucede nas zonas turísticas tradicionais”.

Para o presidente executivo dos Territórios Criativos, “esta competitividade tem de ser posta ao serviço da fixação de pessoas nos seus territórios de origem e da aceleração da economia local, criando novas oportunidades no setor do turismo”, o que o programa Green Up irá desenvolver.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há 38 startups a desenvolver projetos turísticos no interior do país

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião