Serviços da Google sofrem falha mundial. Gmail, Docs, YouTube e até o Pokémon Go deixaram de funcionar

A Google enfrentou uma falha técnica massiva que afetou a generalidade dos seus serviços. Algumas das aplicações mais usadas por consumidores e empresas estiveram inacessíveis.

Vários serviços digitais da Google estiveram inacessíveis esta segunda-feira, naquilo que aparentou ser uma falha técnica da empresa a nível mundial. A plataforma de vídeos YouTube, o correio eletrónico Gmail, o serviço de armazenamento Google Drive, os mapas do Google Maps e até o jogo Pokémon Go foram alguns dos serviços que estiveram interrompidos.

O problema também afetou os utilizadores em Portugal, impedindo o acesso a algumas aplicações eventualmente usadas por milhares de empresas portuguesas. Praticamente todas as ferramentas do Google Workspace (antigo G-Suite), incluindo as aplicações de produtividade Docs, Sheets e Slides, estiveram totalmente inacessíveis durante vários minutos, assim como os respetivos documentos armazenados pelos utilizadores, com potencial para gerar disrupção no teletrabalho num período de pandemia.

Não houve informação concreta sobre a dimensão do erro. A imprensa internacional apontou para uma falha transversal a todo o planeta e à esmagadora maioria dos serviços prestados pela multinacional norte-americana. O portal Downdetector, que monitoriza os serviços digitais com base em informação reportada pelos utilizadores, dá conta de queixas de utilizadores em todas as partes da Europa, mas também na Índia, EUA e Brasil.

O ECO confirmou a existência de problemas no acesso a vários destes serviços por volta do meio-dia. “Pedimos desculpa, mas a sua conta está temporariamente indisponível. Pedimos desculpa pela inconveniência e sugerimos que tente novamente dentro de alguns minutos”, lê-se numa mensagem disponibilizada aos utilizadores do Gmail. “Oops, alguma coisa deu errado”, lê-se na página inicial do YouTube.

“O Google Docs encontrou um erro. Por favor tente recarregar esta página, ou voltar dentro de alguns minutos”, informa o serviço Google Docs, que permite editar documentos diretamente a partir do browser e é uma das principais alternativas ao Word da Microsoft.

Já depois da publicação desta notícia, alguns dos serviços referidos voltaram a ficar disponíveis, o que sugere uma rápida resolução do problema por parte da Google. Por volta das 12h30 já era possível aceder ao Docs ou ao Gmail e o YouTube já estava novamente acessível.

Contactada pelo ECO, fonte oficial da Google confirmou o problema: “Hoje [segunda-feira], às 11h47 de Lisboa, a Google passou por uma interrupção do sistema de autenticação durante aproximadamente 45 minutos devido a uma questão relacionada com a cota de armazenamento interno.”

“Serviços que exigiam o registo dos utilizadores apresentaram taxas elevadas de erro durante esse período. O problema do sistema de autenticação foi resolvido às 12h32 de Lisboa. Todos os serviços foram restaurados. Pedimos desculpas a todos os afetados e vamos realizar uma análise completa para garantir que este problema não volte a ocorrer no futuro”, sublinhou a mesma fonte.

(Notícia atualizada pela última vez às 17h48 com reação da Google)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Serviços da Google sofrem falha mundial. Gmail, Docs, YouTube e até o Pokémon Go deixaram de funcionar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião