Congresso dos EUA aprova pacote de estímulos de 892 mil milhões de dólares

  • Lusa
  • 22 Dezembro 2020

Agora serão pagos 600 dólares a todos os norte-americanos com rendimentos inferiores a 75.000 dólares por ano e subsídios de desemprego de 300 dólares por semana.

O Congresso dos Estados Unidos aprovou na segunda-feira, um pacote de estímulo no valor de 892 mil milhões de dólares para fazer face à devastação económica causada pela pandemia.

O Senado aprovou o projeto com 91 votos a favor e sete contra, horas depois de a Câmara dos Representantes ter votado 359 a favor e 53 contra.

O pacote de emergência foi incluído na lei de despesas para financiar a administração federal até setembro de 2021, num valor total de 2,3 biliões de dólares (1,8 biliões de euros). A sua entrada em vigor final está pendente de ratificação pelo Presidente cessante, Donald Trump.

Os pontos mais marcantes do pacote de estímulo são o pagamento de 600 dólares a todos os norte-americanos com rendimentos inferiores a 75.000 dólares por ano e subsídios de desemprego de 300 dólares por semana. Estes benefícios podem tornar-se efetivos na próxima semana, anunciou o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

O pacote de estímulo também inclui 325 mil milhões de dólares (266 mil milhões de euros) em ajuda às empresas, 45 mil milhões de dólares (36 mil milhões de euros) para salvar sistemas de transportes públicos, 82 mil milhões de dólares (67 mil milhões de euros) para escolas e 20 mil milhões de dólares (16 mil milhões de euros) para distribuição de vacinas Covid-19.

Os democratas e republicanos anunciaram o acordo no domingo à noite após meses de negociações para incluir a ajuda de emergência na lei de despesas para 2021.

O Congresso aprovou uma ajuda de 2,2 biliões de dólares em março no início da pandemia, a maior da história da nação, mas os benefícios, incluindo os subsídios de desemprego, têm-se esgotado à medida que os meses têm passado.

Os democratas tentaram passar uma nova ajuda de mais de três biliões de dólares no verão, mas os republicanos e a Casa Branca bloquearam o pacote e as negociações falharam várias vezes desde então.

O Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, expressou o seu apoio à aprovação deste resgate de 735 mil milhões de euros, embora tenha avisado que não é suficiente e que serão necessários mais fundos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Congresso dos EUA aprova pacote de estímulos de 892 mil milhões de dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião