Em França é grátis, no Reino Unido ultrapassa os 200 euros. Qual o preço dos testes PCR na Europa?

  • ECO
  • 23 Dezembro 2020

Em Portugal os testes PCR custam entre 60 e cerca de 100 euros. Quem vem do Reino Unido prefere realizar teste à chegada por ser mais barato.

A obrigatoriedade dos passageiros vindos do Reino Unido terem teste à Covid levou a um aumento da procura para fazer os testes, quer lá, quer em Portugal à chegada. Mas, devido aos preços praticados, as pessoas preferem fazer o teste já em Portugal, onde é mais barato.

“O teste [PCR em Inglaterra] é bastante mais caro que em Portugal, portanto, as pessoas preferem vir fazer o teste a Portugal”, revelou terça-feira à noite a virologista Laura Brum, em entrevista à SIC Notícias:

Em Portugal os testes PCR custam entre 60 a cerca de 100 euros (valor cobrado nas maiores redes de laboratórios privadas quando não há indicação do Serviço Nacional de Saúde para a realização do teste). E na Europa?

Reino Unido

No país epicentro do problema, o custo médio do teste PCR é de 150 libras (cerca de 164 euros à taxa de câmbio atual), segundo o jornal Independent (em inglês). O que vai ao encontro dos valores encontrados na pesquisa feita pelo ECO: os testes variam entre as 200 e 110 libras (219 e 120 euros, respetivamente).

Contudo, o jornal britânico refere que alguns aeroportos e companhias aéreas estão a fazer testes mais baratos para viagens. Para quem voe pela WizzAir o preço de um teste reduz para 85 libras, pela easyJet para 75 libras e pela Tui para 84 libras (93, 82, 92 euros, respetivamente). Já os passageiros que embarquem no aeroporto de Gatwick poderão realizar o teste por 60 libras e no aeroporto de Edimburgo por 80 libras (66 e 88 euros, respetivamente).

O Reino Unido é dos poucos países da Europa onde é necessário a apresentação de teste negativo, uma vez que para países da União Europeia e do espaço Schengen não é necessário. Ao Reino Unido juntam-se países como Sérvia, Montenegro e Ucrânia, entre outros.

Itália

Um estudo da associação de defesa do consumidor em Itália, Altroconsumo (página em italiano), de novembro, analisou seis regiões do país e 130 laboratórios e concluiu que o custo médio de um teste PCR no privado é de 86 euros.

O preço mais elevado foi observado na região Emília-Romanha (onde se situa Bolonha), ascendendo a 150 euros. Já o mais baixo foi 50 euros na região Campânia (onde fica Nápoles).

França

França é dos poucos países europeus onde o teste é 100% grátis. Não à partida, pois a pessoa tem de pagar cerca de 54 euros pelo teste, mas através de um reembolso. No início da pandemia o reembolso era feito apenas a quem apresentava receita médica, mas o procedimento foi alargado a todos no final de julho.

Alemanha

O custo do teste na Alemanha poderá ser cobrado pelo serviço público ou pela seguradora privada em caso de sintomas ou contacto com pessoas que tenham testado positivo. No entanto, para aqueles que queiram realizar por iniciativa própria o teste, ou não tenham nem seguro nem acesso, terão de pagar pelo mesmo. Em Berlim, por exemplo, o teste oscila entre 140 e 180 euros.

As pessoas poderão ainda ser testadas no aeroporto, com direito a certificado para a viagem. Em Munique terá um custo de 128 euros, em Estugarda cerca de 130 euros e em Frankfurt varia entre os 59 e os 139 euros.

Outros países europeus

Na Suécia o preço do teste PCR pode ultrapassar as 2.000 coroas suecas (mais de 200 euros), indica o El País. Já em Espanha, os preços dos laboratórios privados variam entre os 130 e os 240 euros, segundo a AFP, mas são gratuitos para os utentes do serviço público. Na Bélgica o Instituto Nacional de Seguro de Saúde e de Invalidez estimou que o preço é de 46,81 euros, valor que é reembolsado, exceto para aqueles que façam testes sem razão aparente, por exemplo, apenas para viajar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Em França é grátis, no Reino Unido ultrapassa os 200 euros. Qual o preço dos testes PCR na Europa?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião