Direto Restaurantes nos centros comerciais encerrados

  • ECO
  • 18 Janeiro 2021

O primeiro-ministro anunciou uma dezena de medidas que agravam as restrições e impõem o confinamento. Escolas permanecem abertas e ATL voltam a abrir, mas todas as lojas fecham às 20h00.

O Conselho de Ministros reuniu de emergência esta segunda-feira para reavaliar as medidas que foram anunciadas na semana passada para impor um novo confinamento geral que entrou em vigor às zero horas de sexta-feira. Perante a falta de cumprimento das medidas impostas e o agravamento dos números da pandemia, o primeiro-ministro anunciou mais restrições.

As escolas vão continuar a funcionar e há um esclarecimento de que os ATL para crianças ficam abertos, mas o resto dos anúncios foram proibições e restrições. Será proibida a venda de bebidas ao postigo na restauração, o “take away” nas lojas do ramo não alimentar, campanhas de saldos que impliquem a deslocação de pessoas, permanência em espaços públicos de lazer, tais como jardins, e faz-se um apelo aos autarcas para limitar o acesso a locais de grande concentração de pessoas (marginais, bancos de jardim, parques infantis, entre outros).

São encerradas as universidades seniores, centros de dia e centros de convívio e todos os espaços de restauração inseridos em centros comerciais, mesmo os que podiam operar no regime de take-away, e volta a ser proibida a circulação entre concelhos ao fim de semana. Durante a semana, todos os estabelecimentos fecham às 20h e no fim de semana às 13h, exceto retalho alimentar (às 17h). Além disso, o Governo vai reforçar a obrigatoriedade do teletrabalho com mais obrigações e fiscalização.

Quanto à vacinação, António Costa comprometeu-se com o objetivo de administrar a primeira dose da vacina em todos os lares (exceto nos alvo de surtos) até ao final da próxima semana.

Reveja aqui a conferência de imprensa de apresentação das novas medidas.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Restaurantes nos centros comerciais encerrados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião