Parcómetros de Gaia suspensos até final de fevereiro

  • Lusa
  • 22 Janeiro 2021

A decisão vigorará até "final do mês de fevereiro" e será a Câmara Municipal local a assumir a perda de receita.

As empresas que gerem o estacionamento concessionado em Vila Nova de Gaia não vão cobrar parcómetros até ao final de fevereiro e será a câmara a assumir a perda de receita, divulgou esta sexta-feira aquela autarquia do distrito do Porto.

“No quadro da atual pandemia relacionada com o novo coronavírus, por razões de saúde pública e da salvaguarda de todos, a Parquegil e a Telef decidiram proceder à suspensão dos seus serviços de concessão a partir do dia 23 de janeiro [sábado], e até ao final do mês de fevereiro”, lê-se numa publicação da Câmara de Vila Nova de Gaia no seu ‘site’ oficial.

Esta autarquia aponta que “tomou esta decisão e fará com que o estacionamento de rua no concelho, nas áreas concessionadas a estas empresas, não seja taxado durante este período, assumindo o pagamento às empresas”.

Esta decisão ocorre na segunda semana consecutiva em que Portugal regista máximos de casos de infeção pelo novo coronavírus e de mortes associadas à Covid-19.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Parcómetros de Gaia suspensos até final de fevereiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião