Quedas do BCP e da Galp desamparam bolsa de Lisboa

A bolsa portuguesa perdeu valor e seguiu a tendência da generalidade das praças europeias. BCP e Galp Energia registaram os dois piores desempenhos da sessão.

A bolsa portuguesa acompanhou a tendência das restantes praças europeias, perdendo valor na última sessão da semana. O principal índice nacional foi pressionado por quedas nos setores da banca e da energia.

O Stoxx 600 caiu 0,7%, o alemão DAX perdeu 0,4%, o francês CAC-40 cedeu 0,7%, o espanhol IBEX-35 desvalorizou 1,4% e o britânico FTSE 100 recuou 0,4%. Em simultâneo, na bolsa de Lisboa, o PSI-20 perdeu 0,55%, fechando a cotar em 5.027,98 pontos.

A contribuir mais significativamente para a queda do índice português estiveram as ações do BCP. O banco liderado por Miguel Maya viu os títulos recuarem 2,84%, para 11,99 cêntimos, numa altura em que os receios com a pandemia voltam a pesar no sentimento dos investidores.

Evolução das ações do BCP na bolsa de Lisboa:

A registar o segundo pior desempenho do índice esteve a Galp Energia. A petrolífera nacional perdeu 1,70% na sessão e viu os respetivos títulos caírem para 8,80 euros cada, penalizada pela queda de 1,18% dos preços do Brent, para 55,44 dólares o barril.

Destaque ainda para o recuo dos títulos da EDP, que estão a cotar nos 5,308 euros, depois da desvalorização de 0,26% desta sexta-feira. Porém, em sentido inverso, a EDP Renováveis impediu uma quebra maior na bolsa portuguesa, ao avançar 1,43%, para 24,9 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quedas do BCP e da Galp desamparam bolsa de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião