Diretos, sondagens e até realidade aumentada. Como as televisões vão seguir a noite eleitoral

Dos diretos às sondagens, passando pelos jornalistas e pelos comentadores. RTP, SIC e TVI estão a preparar grandes operações para que possa seguir a noite eleitoral de 24 de janeiro.

Milhões de eleitores são chamados às urnas este domingo, 24 de janeiro, para escolher o próximo Presidente da República a partir de um leque de sete candidatos. Ora, como é habitual, os portugueses deverão seguir nas televisões generalistas RTP, SIC e TVI o escrutínio provisório e os resultados ao longo da noite eleitoral.

RTP promete sondagem às 20h

Na estação pública, a emissão dedicada às Presidenciais começa às 18h00 na RTP3, entrando em simultâneo com a RTP1 às 18h45, “até ao final da noite”, explica a empresa num comunicado. A emissão será conduzida pelos jornalistas José Rodrigues dos Santos, Ana Lourenço e Carlos Daniel.

“Às 20h00 iremos revelar a sondagem da Universidade Católica com as primeiras projeções de resultados da noite eleitoral em Portugal. Com Ricardo Ferreira Reis, diretor do Centro de Sondagens da Universidade Católica, iremos efetuar uma análise aos números que irão sendo conhecidos ao longo da emissão”, explica também a RTP.

A estação pública conta ainda com um painel de comentadores, entre os quais Pedro Adão e Silva, Pedro Norton, João Soares e Miguel Poiares Maduro. “Contamos ainda com o olhar do cartoonista André Carrilho”, diz o grupo na mesma nota.

Para a noite eleitoral, a RTP vai promover também diretos das sedes dos candidatos “para as primeiras reações às sondagens e resultados eleitorais conhecidos”. “Vamos acompanhar em direto a consagração da vitória e a sua primeira declaração ao país, após conhecido o resultado”, sublinha.

A noite deverá terminar com a análise aos resultados por parte de António José Teixeira, Domingos Andrade, Luísa Meireles e Graça Franco.

SIC com diretos das campanhas

Na noite de 24 de janeiro, os portugueses vão poder ainda acompanhar o escrutínio provisório e o resultado na SIC. Fonte oficial da estação da Impresa conta ao ECO alguns dos pormenores.

“A noite eleitoral da SIC será conduzida, como é habitual, por Rodrigo Guedes de Carvalho, Clara de Sousa e Bento Rodrigues, tendo início às 19h30, dada a particularidade destas eleições ocorrerem durante uma pandemia”, diz a referida fonte.

A SIC contará em estúdio com os comentadores Luís Marques Mendes, José Miguel Júdice e Francisco Louçã, que “acompanharão toda a evolução da noite eleitoral”. “Ricardo Araújo Pereira [humorista] participará na noite eleitoral, enquanto prepara com a sua equipa o Isto é Gozar Com Quem Trabalha da segunda-feira seguinte”, acrescenta.

Está prevista ainda a divulgação pela SIC de uma sondagem à boca das urnas, realizada pela Metris/GfK, e da responsabilidade da equipa do ICS/ISCTE. “Pedro Magalhães estará na redação e nos estúdios da SIC para comentar a evolução das sondagens, das projeções e dos resultados eleitorais”, indica a fonte da Impresa.

“Os nossos repórteres que acompanharão a campanha eleitoral em permanência estarão espalhados por todas as sedes de campanha, acompanhando minuto a minuto a noite [eleitoral]. Depois desta emissão, a SIC Notícias terá uma operação especial que será conduzida por Rosa Pinto, para fazer todo o rescaldo eleitoral. A emissão especial da tarde, que arranca às 17h, será apresentada por Marisa Caetano Antunes”, conclui.

TVI aposta na tecnologia

A outra opção para os portugueses na televisão generalista é a TVI. Contactada pelo ECO, fonte oficial da Media Capital refere que “a emissão da TVI24 vai, ao longo do dia, fazer toda a cobertura do processo eleitoral” e, pelas 19h00, “começa a emissão especial”, passando para simultâneo com a TVI às 19h50.

A emissão da TVI será conduzida pelos jornalistas Pedro Mourinho, José Alberto Carvalho, Sara Pinto e Carla Moita. Como comentadores, a estação de Queluz de Baixo contará com Paulo Portas, Miguel Sousa Tavares, Manuela Ferreira Leite, Fernando Medina e Rui Moreira.

“Estas eleições decorrem num momento único do país e assumem uma importância extraordinária para a democracia portuguesa. A informação da TVI vai cumprir a sua função e levar aos telespetadores toda a informação sobre estas eleições”, assegura Anselmo Crespo, diretor de informação, citado em comunicado.

A Media Capital garante ainda que “a TVI vai proporcionar aos espetadores uma emissão inovadora e dinâmica, com atualização dos resultados ao segundo”. “Com recurso ao grafismo e realidade aumentada, toda a tecnologia e versatilidade do estúdio de informação TVI estará ao serviço dos portugueses”, sublinha.

Fonte oficial da Media Capital aponta, por fim, que “quanto estiver resolvida a noite eleitoral, a emissão passa para a TVI24 para continuar a análise”. À meia-noite de segunda-feira, está prevista uma emissão especial da Circulatura do Quadrado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Diretos, sondagens e até realidade aumentada. Como as televisões vão seguir a noite eleitoral

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião