Mais de 22 mil empresas pediram acesso ao lay-off em janeiro. Pagamento começa já esta semana

A Segurança Social vai processar ainda este mês os pagamentos das 22.700 empresas que pediram acesso ao lay-off simplificado em janeiro, num total de 86.300 trabalhadores.

Foram mais de 22 mil as empresas que pediram acesso ao lay-off simplificado em janeiro, na sequência dos encerramentos decretados pelo novo confinamento. De forma a dar liquidez imediata a essas empresas, a Segurança Social vai processar o pagamento destes apoios ainda este mês, a 28 de janeiro, num total de 20,3 milhões de euros.

“Todos os pedidos [de lay-off] que deram entrada até ao dia 21 de janeiro e foram considerados válidos serão pagos já no próximo dia 28 de janeiro, de forma a transferir liquidez imediata para as empresas cuja atividade foi encerrada ou suspensa ao abrigo do atual estado de emergência”, refere o Instituto da Segurança Social, numa nota publicada esta terça-feira.

Assim, até hoje, já foram processados os pagamentos a 22.700 empresas que pediram ajuda financeira este mês, num total de 86.300 trabalhadores. Estas empresas, continua a Segurança Social, receberão agora, até dia 28, um total de 20,3 milhões de euros, “garantindo num espaço curto de tempo uma injeção de liquidez nesta fase de paragem de atividade”.

De acordo com as novas regras do lay-off simplificado, este ano, os trabalhadores recebem a sua remuneração a 100% até num limite de três salários mínimos (até 1.995 euros), sendo o esforço adicional suportado pela Segurança Social, ou seja, as empresas continuam a ter de pagar os mesmos encargos que já suportavam anteriormente: as horas trabalhadas, bem como 30% do valor necessário para, em conjunto com a primeira fatia da remuneração, perfazer dois terços do salário normal. Estes apoios serão pagos em fevereiro, com efeitos em janeiro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mais de 22 mil empresas pediram acesso ao lay-off em janeiro. Pagamento começa já esta semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião