Economia dos EUA recua 3,5% em 2020, pior ano desde 1946

  • Lusa e ECO
  • 28 Janeiro 2021

Os Estados Unidos tiveram uma contração do Produto Interno Bruto de 3,5% em comparação com 2019, indica uma estimativa preliminar do Departamento do Comércio.

A economia norte-americana teve em 2020 o pior ano desde 1946, com uma contração do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,5% face a 2019, indica uma estimativa preliminar divulgada esta quinta-feira pelo Departamento do Comércio.

O país entrou em recessão económica em fevereiro do ano passado, depois de, em 2019, ter crescimento 2,2%. A pandemia pôs fim ao maior ciclo de crescimento da economia norte-americana e esta é a primeira queda anual da atividade desde a recessão de 2007 a 2009.

Em termos trimestrais, o crescimento foi de 4% no quarto trimestre de 2020, em termos anualizados, uma medida que compara o Produto Interno Bruto (PIB) ao do trimestre precedente e projeta a evolução para o ano inteiro. Segundo o modo de cálculo utilizado pelas outras grandes economias (e por Portugal), o crescimento seria de 1%.

O retrato feito pelo próprio Departamento de Comércio mostra que, no quarto trimestre de 2020, começaram a fazer-se sentir alguns sinais de recuperação económica, adianta a Reuters (acesso livre). No entanto, esse impulso foi perdendo alguma força à medida que houve um novo agravamento do número de novas infeções por Covid-19. Além do aumento dos casos da doença causada pela Covid-19, o relatório aponta igualmente para algum efeito de desgaste dos estímulos da administração.

Foram lançados três biliões de dólares para combater as consequências económicas da pandemia. O Presidente Joe Biden tem um plano de recuperação adicional no valor de 1,9 biliões de dólares, que está ainda a negociar com os dois partidos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Economia dos EUA recua 3,5% em 2020, pior ano desde 1946

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião