Dívida pública disparou 20 mil milhões em 2020. Atingiu um recorde de 270 mil milhões de euros

A dívida pública portuguesa aumentou 20 mil milhões de euros em 2020, tendo atingido o recorde de 270 mil milhões de euros.

A dívida pública portuguesa disparou em 2020 com o Governo a ter de lançar apoios massivos à economia por causa da pandemia. O endividamento da República aumentou 20 mil milhões de euros no ano passado, atingindo um valor recorde de 270,4 mil milhões na ótica de Maastricht (a que interessa a Bruxelas) a 31 de dezembro.

“No final de 2020, a dívida pública situou-se em 270,4 mil milhões de euros, aumentando 20,4 mil milhões de euros em relação ao final de 2019“, revela o Banco de Portugal esta segunda-feira.

O banco central explica que esta subida expressiva resultou sobretudo do “aumento dos títulos de dívida”, em cerca de 17,6 mil milhões de euros. Esta subida explica-se também com o aumento dos “empréstimos (1,7 mil milhões) e das responsabilidades em depósitos (1,1 mil milhões de euros), por via, principalmente, das emissões de certificados do Tesouro”.

Para travar o choque da pandemia, o Governo lançou um conjunto de medidas de apoio às empresas e famílias e socorreu-se de financiamento do mercado para concretizar medidas de alívio como o lay-off, os apoios à retoma ou as linhas de crédito com garantia pública.

Dívida pública atinge recorde em 2020

Fonte: Banco de Portugal

Almofada financeira reforçada em 9,4 mil milhões

Os dados do Banco de Portugal dão ainda conta de um reforço importante da almofada financeira num período de incerteza global e com o país a aproveitar as condições de mercado e os custos de financiamento em mínimos históricos. Os depósitos das administrações públicas aumentaram 9,4 mil milhões para 23,9 mil milhões de euros no final de 2020.

Apesar do reforço da almofada financeira, a dívida pública líquida de depósitos registou na mesma uma subida (de 11 mil milhões de euros em relação ao ano anterior), ascendendo a 246,5 mil milhões de euros.

Com a economia em quebra, é expectável que o rácio da dívida pública em função do Produto Interno Bruto (PIB) também tenha disparado. Depois de ter recuado para os 117,2% do PIB em 2019, o Governo contava acabar 2020 com uma dívida pública de 134,8% do PIB, segundo a previsão inscrita no Orçamento do Estado para 2021. O Instituto Nacional de Estatística (INE) deverá trazer mais dados esta terça-feira quando divulgar a estimativa rápida das contas nacionais.

Dívida portuguesa dispara 50% numa década

Portugal tem uma das maiores dívidas do mundo. Na última década, o endividamento público registou um disparo de 50%, de acordo com os dados do Banco de Portugal.

No final de 2010, a dívida era de cerca de 180 mil milhões de euros. Dez anos depois, atinge o recorde acima dos 270 mil milhões de euros, uma subida de mais 90 mil milhões neste período.

(Notícia atualizada às 11h33)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dívida pública disparou 20 mil milhões em 2020. Atingiu um recorde de 270 mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião