Depósitos bancários podem travar atribuição de novo apoio social

  • ECO
  • 9 Fevereiro 2021

O novo apoio social varia entre 50 euros e 501,16 euros, na generalidade dos casos. Os pedidos devem ser submetidos através da Segurança Social Direta até 14 de fevereiro.

A atribuição do novo apoio ao rendimento dos trabalhadores implica a avaliação de uma condição de recursos — isto é, a confirmação de que o rendimento e o património familiar não ultrapassam o limiar de pobreza –, para a qual contam não só as remunerações dos membros do agregado familiar, mas também o montante dos depósitos bancários, avança esta terça-feira o Público (acesso condicionado).

De acordo com as simulações feitas pelo jornal, mesmo os trabalhadores que perderam rendimentos podem ficar excluídos mediante os valores que tenham em depósitos. A Segurança Social já o tinha salientado, num webinar sobre o novo apoio social, nos casos práticos apresentados para demonstrar como funciona a condição de recursos.

O novo apoio ao rendimento dos trabalhadores dirige-se aos trabalhadores por conta de outrem, trabalhadores independentes, sócios-gerentes, empresários em nome individual e estagiários e informais que tenham perdido a proteção no desemprego, não tenham direito a ela ou registem quebras de faturação significativas. A prestação varia entre 50 euros e 501,16 euros, na generalidade dos casos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depósitos bancários podem travar atribuição de novo apoio social

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião