Braga eleita melhor destino europeu

Braga foi eleita o melhor destino europeu este ano e deixa para trás cidades como Roma, Florença e Paris.

A cidade de Braga foi eleita como “Melhor Destino Europeu” para visitar este ano pelo European Best Destinations. Já em 2019 tinha alcançado o segundo lugar neste ranking.

“É um resultado que nos enche de orgulho e que certamente terá reflexos extremamente positivos no Turismo e na economia local, regional e nacional durante os próximos anos”, destaca o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, em comunicado.

A cidade de Braga, que reuniu 109.902 votos, ficou à frente de cidades como Roma (ocupa a segunda posição), Paris ou até mesmo Florença. Para o autarca, este resultado é “o coroar de um inquestionável trabalho de afirmação internacional da marca Braga”.

“A partir de agora, Braga estará ainda mais presente nas mais reputadas publicações na área do Turismo de todo o mundo, o que fará da Cidade um destino cada vez mais procurado para milhões de viajantes”, refere o autarca.

Nesta edição dos European Best Destinations foram distinguidas 15 cidades: Braga (109.902 votos), Roma (78.124), Cavtat (50.025), Florença (46.484), Sibiu (45.699), Paris (39,584), Cefalónia (36.551), Kotor (32.481), Soca Valley (30.088), Ilhas Canárias (26.432), Tubinga (25.586), Dordonha (24.427), Taiti (22.356), Capri (18.420) e Ghent (16.503).

Na sequência desta conquista, o presidente do Turismo do Porto e Norte veio felicitar a cidade de Braga pela eleição de Melhor Destino Europeu. “É assim que a região mantém bem viva a sua notoriedade e assegura a sua posição, muito privilegiada, na preferência dos turistas nacionais e internacionais. Estes tipos de distinções permitem acreditar que, no pós-pandemia, o destino Porto e Norte voltará muito rapidamente ao lugar que já tinha conquistado no panorama do turismo mundial”, declarou à agência Lusa o presidente da TPNP, Luís Pedro Martins.

Segundo o presidente da TPNP, o prémio conquistado por Braga é o “reconhecimento” e o “fruto do trabalho e da aposta” dos agentes do setor, bem como da Câmara Municipal de Braga, TPNP, Arquidiocese Braga, Associação Comercial de Braga e, acima de tudo, da “população de Braga”.

“Cidades como Paris, Roma, Viena, Florença, Capri e Capadócia estavam entre os 20 finalistas, mas a escolha, realizada por votação digital pelo público, acabou por recair na capital do Minho. A organização tinha colocado a cidade de Braga entre os finalistas por ser um dos destinos europeus com maior crescimento turístico na Europa, assim como por ter sido uma cidade que rapidamente implementou diversas medidas de saúde pública para proteger a sua população contra a pandemia de Covid-19 e, inclusivamente, foi mencionada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico ou Económico (OCDE) como exemplo de boas práticas nesta matéria”, acrescentou.

O “desenvolvimento sustentável do turismo em Braga” e a distinção, pela Comissão Europeia, como uma das cidades com “melhor qualidade de vida e mais felizes da Europa” são outros fatores para a distinção da cidade minhota portuguesa.

(Notícia atualizada às 16h10 com a felicitação por parte do Turismo do Porto e Norte de Portugal)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Braga eleita melhor destino europeu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião