Família EDP valoriza e dá gás a Lisboa

Lisboa iniciou a penúltima sessão da semana a valorizar, em linha com as demais praças do Velho Continente. Família EDP destaca-se entre as cotadas que estão a registar ganhos.

Lisboa arrancou a penúltima sessão da semana em “terreno positivo”, com a família EDP a liderar os ganhos. Depois de uma queda de mais de 3% na sessão desta quarta-feira, o BCP arrancou a valorizar, mas entretanto está de volta ao vermelho.

Esta quinta-feira, o índice de referência nacional, o PSI-20, está a valorizar 0,23% para 4.833,070 pontos, ou seja, está de regresso a “terreno positivo” depois do recuo de quarta-feira. Lá fora, o dia também é de ganhos. O índice pan-europeu Stoxx 600 sobe 0,2% para 410,27 pontos, o alemão Dax avança 0,15% para 13.953,21 pontos, o francês CAC 40 soma 0,26% para 5.685,56 pontos e o espanhol Ibex cresce 0,35% para 8.085,70 pontos.

Na praça lisboeta, destaque para a família EDP, que lidera os ganhos, esta manhã. Os títulos da EDP Renováveis sobem 1,81% para 22,550 euros e os da EDP avançam 1,34% para 5.00 euros.

Ainda na energia, mas do outro lado da linha de água, as ações da Galp recuam 0,45% para 8,80 euros. A semana tinha arrancado com ganhos expressivos para esta cotada, a par da subida dos preços do petróleo, mas entretanto os investidores perderam o ânimo.

O BCP começou a sessão a valorizar — os títulos do banco chegaram a somar 0,41% para 0,1231 euros –, mas entretanto passou para o outro lado da linha de água. As ações desta cotada recuam agora 0,73% para 0,1217 euros. Isto depois de ter registado uma queda de mais de 3%, esta quarta-feira. Os analistas esperam que os resultados do BCP se tenham mantido positivos no último trimestre de 2020, mas o CaixaBank/BPI cortou a recomendação, o que ajuda a explicar as perdas.

No vermelho, também está a Sonae. Os títulos da dona do Continente recuam 1,13% para 0,6555 euros. Já nas ações da Jerónimo Martins, também no retalho, valorizam 0,23% para 12,90 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Família EDP valoriza e dá gás a Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião