Manuel Salgado apresenta demissão da SRU por ser arguido em processo que envolve CUF Tejo

  • ECO e Lusa
  • 11 Fevereiro 2021

Manuel Salgado foi constituído arguido num inquérito judicial que investiga o impacto na paisagem do Hospital CUF Tejo. Na sequência desta investigação, apresentou a demissão da liderança da SRU.

Manuel Salgado apresentou a demissão da liderança da Sociedade de Reabilitação Urbana Lisboa Ocidental (SRU), após ter sido constituído arguido num inquérito judicial que investiga o impacto na paisagem do Hospital CUF Tejo, quando era responsável pelo pelouro do Urbanismo, avança o Público (acesso livre).

“Fui constituído arguido no âmbito de um processo cuja investigação incide sobre o impacto na paisagem do Hospital CUF Tejo”, lê-se na carta escrita pelo ex-vereador do Urbanismo de Lisboa enviada a Fernando Medina a meio de janeiro e citada pelo mesmo jornal. Segundo Manuel Salgado, “este é o procedimento correto a adotar, sem que isto envolva o reconhecimento da prática de qualquer ato ilícito“, rejeitando “veementemente” as acusações.

“Será em sede própria, no momento oportuno e pelos meios que se encontram ao meu alcance, que me irei defender, repor a verdade dos factos e reagir contra atentados à minha honra e bom nome”, aponta o ex-vereador do Urbanismo de Lisboa, ainda na carta, citada pela Lusa.

A investigação teve origem numa queixa apresentada há cerca de um ano e em causa estão crimes e prevaricação e violação de norma urbanística, sendo que o processo está em segredo de Justiça. A demissão foi comunicada esta quinta-feira aos vereadores da Câmara Municipal de Lisboa, sendo que o presidente da autarquia já aceitou a demissão e vai nomear uma nova presidência para a SRU.

Quando se demitiu, o vereador chegou a reconhecer numa entrevista que a volumetria do Hospital CUF Tejo, em Alcântara, era excessiva e que à data (2019) não o teria aprovado.

Manuel Salgado anunciou a demissão do pelouro do Urbanismo na Câmara de Lisboa, do qual era responsável desde 2007, em julho de 2019, tendo a sua saída sido efetivada em 07 de outubro do mesmo ano.

Dias depois de ter abandonado o cargo, a Câmara de Lisboa aprovou, com nove votos a favor e oito contra, a reeleição do arquiteto e ex-vereador do Urbanismo como presidente do conselho de administração da SRU.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Manuel Salgado apresenta demissão da SRU por ser arguido em processo que envolve CUF Tejo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião