Manuel Salgado vai continuar à frente da SRU da CML

Mesmo depois de ter abandonado o pelouro do Urbanismo, o arquiteto vai continua na liderança da empresa de obras da Câmara de Lisboa.

Manuel Salgado vai continuar como presidente da Lisboa Ocidental SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana, mesmo depois de ter abandonado o pelouro do Urbanismo, sabe o ECO. A continuidade do arquiteto na Câmara de Lisboa (CML) era desejada por Fernando Medina, e acabou aprovada com nove votos a favor e oito contra.

Mesmo depois de Manuel Salgado ter abandonado o cargo de vereador do Urbanismo da CML, Fernando Medina quis que este continuasse na liderança da empresa responsável pela maioria das obras da autarquia. Contudo, esta ideia desagradou os vereadores da oposição e, inicialmente, tudo indicava que a permanência de Salgado na empresa viesse a ser chumbada, o que levou mesmo o presidente da CML a adiar a primeira votação com o intuito de conquistar mais votos da oposição, tal como o ECO noticiou na altura.

Isto porque, em agosto, João Pedro Costa, também vereador do PSD na CML, afirmou ao Público que não via “razão para mexer na administração da SRU a não ser que o próprio [Manuel Salgado] queira”. Contudo, este acabou por mudar de ideias e, já este mês, no dia em que a proposta iria ser votada (17 de outubro), anunciou numa declaração de voto que era contra a recondução do arquiteto.

Ora, no dia da votação, Teresa Leal Coelho (vereadora do PSD na CML) não esteve presente e acabou substituída por Rogério Jóia, que iria votar de acordo com a orientação do próprio PSD, ou seja, contra. Feitas as contas, Medina teria toda a oposição contra si e, ao aperceber-se de que não teria votos suficientes, acabou por adiar a votação.

E valeu mesmo a pena ter adiado, porque Teresa Leal Coelho recusou mudar o seu voto. Assim, esta quinta-feira, numa reunião privada da autarquia, a reeleição de Manuel Salgado na SRU foi aprovada com nove votos a favor e oito contra, apurou o ECO. Embora a votação tenha sido privada, as intenções de votos já tinham sido anunciadas publicamente. Ou seja, os únicos votos contra terão sido o do social-democrata João Pedro Costa e dos restantes vereadores do Bloco de Esquerda, CDS e PCP.

No final de julho, Manuel Salgado anunciou a sua saída da CML, devido aos seus 75 anos, disse, na altura, ao Expresso. Acabou por ser substituído por Ricardo Veludo, coordenador da equipa de missão do Programa Renda Acessível. Enquanto esteve com o pelouro do Urbanismo, Manuel Salgado aprovou projetos como a Torre de Picoas e o Quarteirão da Portugália.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Manuel Salgado vai continuar à frente da SRU da CML

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião