Salário médio cresceu 2,9% em Portugal para 1.314 euros

A remuneração bruta mensal cresceu 2,9% em 2020, para uma média de 1.314 euros por posto de trabalho. Subida foi mais expressiva no quarto trimestre do ano.

A remuneração brutal mensal média por cada trabalhador em Portugal subiu 2,9% em 2020, fixando-se em 1.314 euros. A informação foi recolhida pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) e compara com o ano anterior.

Os dados divulgados esta quinta-feira mostram ainda que a componente regular da remuneração subiu 3,3%, para 1.073 euros, enquanto a remuneração base cresceu 3,4%, para 1.007 euros. “As variações em termos reais foram idênticas às variações nominais”, salienta o INE.

Concretamente no último trimestre de 2020, para o qual ainda não eram conhecidos estes indicadores, a remuneração bruta mensal média por posto de trabalho subiu mais do que no total do ano. O crescimento foi de 3,5% em termos homólogos, para 1.473 euros.

Na análise do trimestre, a componente regular da remuneração subiu 3,4%, enquanto a remuneração base aumentou 3,5%. Os dois indicadores fixaram-se, respetivamente, em 1.078 e 1.012 euros.

Este indicador económico relativo ao mercado laboral exclui outras componentes salariais, como os subsídios de férias e de Natal. Tal acontece para mitigar a sazonalidade do indicador, uma vez que poderiam levar a desvios significativos nos períodos do verão e entre novembro e dezembro, alturas em que são pagos pelas empresas ou pela Administração Pública aos trabalhadores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Salário médio cresceu 2,9% em Portugal para 1.314 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião