Galp puxa por Lisboa, mas EDP Renováveis continua a perder valor

A bolsa portuguesa está em terreno positivo, com a Galp a valorizar perante a subida do preço do petróleo. A EDP Renováveis volta a cair, prolongando as perdas da semana passada.

As bolsas europeias estão a valorizar e a praça portuguesa não é exceção. Os principais índices do Velho Continente estão a acompanhar a tendência dos mercados asiáticos, que atingiram novos recordes durante a madrugada, perante a expectativa de estímulos nos EUA, o abrandamento da pandemia de Covid-19 e os esforços de vacinação.

Num dia que será mais calma que o habitual já que os mercados norte-americanos estarão fechados devido ao feriado do Dia do Presidente, o Stoxx 600 soma 0,6%, assim como o francês CAC-40, enquanto o britânico FTSE 100 ganha 0,8% e o alemão DAX valoriza 0,4%. Os ganhos são mais expressivos na Península Ibérica, com o IBEX-35 a avançar 1% e o PSI-20 a apresentar um ganho de 0,82%, para 4.764,38 pontos, em máximos do início deste mês.

Depois de quatro sessões consecutivas em queda, a valorização de alguns “pesos pesados” está a permitir a inversão da tendência do índice. A Galp Energia é a cotada que mais sobe, perante o aumento dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

Evolução das ações da Galp Energia em Lisboa

A empresa liderada por Andy Brown ganha 2,04%, para 9,198 euros, numa altura em que o barril de Brent avança 1,62%, para 63,44 dólares, ao mesmo tempo que o WTI já está a cotar acima dos 60 dólares em Nova Iorque, perante a recuperação da procura e menos oferta no mercado.

O BCP também puxa pela praça nacional, somando 1,26%, para 12,06 cêntimos, assim como a EDP, que ganha 0,32%, para 4,957 euros por ação.

Em sentido inverso, a EDP Renováveis volta a perder valor e a aproximar-se cada vez mais dos 20 euros por ação. A subsidiária da EDP perde 0,49%, para 20,3 euros, prolongando o recuo espoletado pela recomendação de venda do banco de investimento UBS no final da semana passada, que considera que os títulos da elétrica estão “caros”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp puxa por Lisboa, mas EDP Renováveis continua a perder valor

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião