Nas notícias lá fora: Millennials, Boeing 777 e Rússia

  • ECO
  • 22 Fevereiro 2021

O primeiro-ministro britânico já revelou o plano de desconfinamento do Reino Unido, que começará a 8 de março. Em Espanha, vários bancos estrangeiros têm vindo a apostar nas energias renováveis.

Esta segunda-feira fica marcada pela notícia que mostra que a geração Millennial é aquela que mais tem vindo a sofrer desde o início da pandemia, no que toca à quebra dos seus rendimentos. Nos Estados Unidos, após a falha de motor de um Boeing 777, a companhia recomendou as companhias aéreas a nível internacional que parem de voar com os aviões desse modelo. Já na União Europeia, o ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, pediu aos homólogos europeus que aprovassem a preparação de sanções adicionais contra a Rússia.

El País

Millennials são os que mais rendimentos perderam com a pandemia

Os indivíduos com idades compreendidas entre os 24 e os 39 anos, comummente designados de millennials, apresentam-se como a geração que sofreu uma maior redução dos seus rendimentos por causa da pandemia. Foram, também, aqueles que mais viram as suas horas de trabalho reduzidas e os que mais se viram forçados a ter de reduzir as suas despesas desde março de 2020, revela um inquérito realizado pela agência 40dB. Leia a notícia completa no El País (acesso condicionado, conteúdo em espanhol)

The Guardian

Boris Johnson revela plano de desconfinamento a partir de 8 de março

O primeiro-ministro britânico já revelou o plano de desconfinamento do Reino Unido, que começará a 8 de março. Será dada prioridade à reabertura das escolas, seguindo-se a retoma dos contactos entre familiares e amigos e o regresso dos desportos escolares. O plano acontecerá em quatro fases para amenizar as restrições que têm estado a afetar a vida quotidiana. Boris Johnson deverá apresentar novos dados encorajadores que parecem mostrar que as vacinas estão a ter efeito no travão da transmissão. Leia a notícia completa no The Guardian (acesso livre, conteúdo em inglês)

Cinco Días

Bancos estrangeiros chegam a Espanha para financiar energias renováveis

Muitos são os bancos provenientes de diversas geografias que, nos últimos tempos, têm competido pelo financiamento dos diversos projetos que, em Espanha, se têm dedicado ao desenvolvimento das energias renováveis. Um dos mais recentes investidores a apostar neste setor, o CDPQ, do Canadá, adquiriu uma carteira de ações da Q Energy. O AIMCo, da mesma nacionalidade, comprou a Eolia, enquanto o Cubico se apresenta como o vencedor de um disputado leilão pela T Solar. Leia a notícia completa no Cinco Días (acesso livre, conteúdo em espanhol)

The Wall Street Journal

Boeing 777 impedidos de voar após falha

A Boeing recomendou às companhias aéreas a nível internacional que parem de voar com os seus aviões do modelo 777 que estejam equipados com um tipo de motor semelhante àquele que se incendiou, este fim de semana, durante um voo que ocorreu perto da cidade norte-americana de Denver. Esta tomada de posição surge depois do regulador norte-americano para a aviação ter identificado a necessidade de realização de inspeções urgentes a esses aviões. Leia a notícia completa no The Wall Street Journal (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

Reuters

União Europeia devia preparar sanções adicionais à Rússia, considera Alemanha

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, pediu esta segunda-feira aos seus homólogos europeus para aprovarem a preparação de sanções adicionais contra a Rússia. “Sou a favor da preparação de sanções adicionais, de listagens de pessoas específicas”, referiu Maas, à chegada da reunião em Bruxelas. O ministro sublinhou ainda que o líder da oposição russa, Alexei Navalny, não só foi condenado a uma pena de prisão, mas também a cumprir a mesma num campo penal. Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: Millennials, Boeing 777 e Rússia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião