Farfetch fecha 2020 com prejuízos de 2,7 mil milhões de euros

  • ECO
  • 25 Fevereiro 2021

A Farfetch fechou 2020 com um prejuízo de 3,3 mil milhões de dólares, ou seja, quase dez vezes mais do que os 373,7 milhões de dólares registados em 2019.

A Farfetch fechou 2020 com um prejuízo de 3,3 mil milhões de dólares (2,7 mil milhões de euros), ou seja, quase dez vezes mais do que os 373,7 milhões de dólares (307,5 milhões de euros) de perdas registados em 2019.

O prejuízo reportado após impostos de $2,3 mil milhões no quarto trimestre e de $3,3 mil milhões no ano reflete o impacto não monetário das obrigações convertíveis (convertible notes). Em 2020, a Farfetch obteve um financiamento de $1,2 mil milhões a taxas de juros baixas ou inexistentes, através de obrigações convertíveis. Este financiamento permitiu-nos investir no negócio e executar a nossa visão para a plataforma. Como acontece com qualquer operação de financiamento, fizemos uma avaliação do retorno do investimento e acreditamos que o valor criado por esses investimentos para os acionistas excede em muito o custo para o negócio“, explica Elliot Jordan, CFO da empresa, citado em comunicado.

Entre outubro e dezembro do ano passado, a empresa liderada por José Neves registou perdas de 2,28 mil milhões de dólares, valor que compara com os 110,1 milhões registados no período homólogo de 2019.

Ao mesmo tempo, a empresa viu as suas receitas aumentarem 64% em 2020 para 1,7 mil milhões de dólares, contra os 1,02 mil milhões de dólares registados no ano anterior. Já no quarto trimestre, as receitas cresceram 41% para os 540 milhões. “Estamos muito satisfeitos com o desempenho financeiro da Farfetch no último ano e a valorização do preço das ações, ao longo do último ano, demonstra que a empresa potenciou uma significativa criação de valor para os detentores de obrigações convertíveis, bem como para os nossos acionistas”, sinaliza ainda o CFO.

Além disso, no último trimestre, a empresa registou pela primeira vez um resultado operacional positivo. O EBITDA ajustado aumentou 28,3 milhões de dólares para 10,4 milhões. Já a margem foi de 2,2% no quarto trimestre, o que compara com os 5,3% negativos do mesmo período de 2019.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Farfetch fecha 2020 com prejuízos de 2,7 mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião