Fórum para a Competitividade vê queda do PIB de até 6% no primeiro trimestre

O Fórum para a Competitividade estima que o PIB vá cair entre 3% a 6% em cadeia no primeiro trimestre, o que se traduzirá numa quebra de 5,5% a 8,5% em termos homólogos.

O Fórum para a Competitividade estima que a economia portuguesa vá contrair entre 3% a 6%, em cadeia, no primeiro trimestre de 2021, face ao quarto trimestre de 2020, por causa do “confinamento muito mais estrito” em vigor desde 16 de janeiro. A previsão consta da nota de conjuntura de fevereiro divulgada esta segunda-feira.

A confirmar-se esta queda do PIB em cadeia, a contração homóloga poderá ir dos 5,5% aos 8,5%, o que fica acima da quebra homóloga de 6,1% registada no quarto trimestre. Nesse período, o PIB cresceu 0,2% em cadeia, ao contrário do esperado por praticamente todos os economistas que esperavam uma contração por causa das medidas mais restritivas implementadas desde novembro.

O Fórum explica esta previsão com “o confinamento muito mais estrito que entrou em vigor a 16 de janeiro, e que deverá durar até ao final do 1.º trimestre”, o qual “deverá ter um claro efeito recessivo, como o próprio Governo reconhece“. A nota de conjuntura refere que, tal como aconteceu em março do ano passado, já havia um “auto-confinamento” de “parte substancial” da população antes da decisão oficial “devido aos números extremamente negativos da pandemia”.

A expectativa do Fórum para a Competitividade é que o impacto deste novo confinamento seja maior nos serviços do que na indústria e construção, uma tendência que se tem verificado desde o início da pandemia. “O turismo ocupa, infelizmente, um lugar de destaque pela negativa, justificando os receios de agentes do setor, que temem que o ano de 2021 venha a ser ainda pior do que 2020“, lê-se na nota de conjuntura.

Na última atualização das suas previsões em fevereiro, a Comissão Europeia estimou uma contração em cadeia do PIB de 2,1% no primeiro trimestre, a maior entre os 27 Estados-membros.

A última previsão anual do Fórum aponta para um intervalo entre uma queda de 4% do PIB e um crescimento de 1%, tornando-se uma das instituições mais pessimistas. A Comissão Europeia continua a apontar para um crescimento da economia portuguesa de 4,1% em 2021.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fórum para a Competitividade vê queda do PIB de até 6% no primeiro trimestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião