38 mil inscrevem-se na ADSE em três meses

  • ECO
  • 9 Março 2021

A ADSE já conta com mais 38 mil beneficiários, aos quais se juntam 11,5 mil beneficiários familiares, graças ao alargamento legislado no início deste ano.

38 mil trabalhadores com contrato individual de trabalho da Função Pública, mais 11,5 mil beneficiários familiares, inscreveram-se na ADSE decorridos três meses desde que esta possibilidade foi criada. A maioria (95%) dos novos aderentes à ADSE é do setor da saúde e tem uma média de idades de 39 anos, segundo o Jornal de Negócios (acesso pago) desta terça-feira, citando dados oficiais.

Este alargamento da ADSE foi legislado no início deste ano e o período de novas inscrições decorre durante um total de seis meses, sendo que as inscrições arrancaram a 18 de janeiro. Quem quiser aderir a este sistema de saúde terá de descontar 3,5% do seu salário todos os meses. O Governo prevê que haja cem mil inscritos, aos quais se poderão somar 60 mil beneficiários familiares.

De acordo com o Jornal de Negócios, a idade média dos novos aderentes é um fator relevante para se avaliar a sustentabilidade deste alargamento da ADSE dado que por regra os gastos com saúde são mais expressivos quando maior for a idade. Foi o impacto desta medida na saúde financeira da ADSE que explica o atraso deste processo, o qual começou a ser discutido há mais de três anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

38 mil inscrevem-se na ADSE em três meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião