AstraZeneca não encontra provas de risco de coágulos sanguíneos devido à vacina

Depois de uma revisão dos dados de segurança das pessoas vacinadas com a vacina da AstraZeneca, a empresa garante que não existem provas de risco acrescido de coágulos de sangue.

Depois de vários países suspenderem o uso da vacina da AstraZeneca, a empresa veio anunciar que depois de uma revisão dos dados de segurança das pessoas vacinadas com a vacina da AstraZeneca não revela provas de um risco acrescido de coágulos, avança a Reuters (acesso livre).

“Uma revisão cuidadosa de todos os dados de segurança disponíveis de mais de 17 milhões de pessoas vacinadas na União Europeia e no Reino Unido com a vacina Covid-19 da AstraZeneca não mostrou provas de um risco acrescido de embolia pulmonar, trombose venosa profunda ou trombocitopenia, em qualquer grupo etário, sexo, lote ou em qualquer país em particular”, disse a AstraZeneca.

Autoridades na Irlanda, Dinamarca, Noruega, Islândia e Holanda suspenderam o uso da vacina sobre questões da coagulação de sangue, enquanto a Áustria deixou de usar um lote de vacinas AstraZeneca na semana passada enquanto investigava uma morte por coagulação.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, em inglês), emitiu na quarta-feira um comunicado, a esclarecer que “não há atualmente qualquer indicação de que a vacinação tenha causado estas condições, que não estão listadas como efeitos secundários com esta vacina”, uma opinião que foi ecoada pela Organização Mundial de Saúde.

Em Portugal, a Direção-Geral de Saúde e o Infarmed afirmaram que a vacina da AstraZeneca pode continuar a ser administrada e frisaram que não há evidência de ligação com os casos tromboembólicos registados noutros países.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

AstraZeneca não encontra provas de risco de coágulos sanguíneos devido à vacina

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião