Centros comerciais preparam plano de retoma para abrir portas

Cada vez mais perto de abrirem portas, os centros comerciais estão a preparar um plano de retoma, numa altura em que dizem ser importante combater o comércio online das empresas estrangeiras.

Já com data marcada para voltarem a abrir portas, os centros comerciais apressam-se a preparar num plano de retoma. A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) está, assim, a trabalhar numa estratégia de combate ao comércio online que tem sido levado a cabo por multinacionais estrangeiras, ao mesmo tempo em que apela à “contribuição” de todos os intervenientes no setor, incluindo o Governo.

Em comunicado enviado esta segunda-feira, a associação diz estar a “trabalhar num Plano de Retoma do Retalho para responder às necessidades que o comércio integrado está a sentir no âmbito das medidas de combate à pandemia”. Para levar a cabo esta retoma, os associados da APCC nomearam Rodrigo Moita de Deus como CEO da organização.

Numa altura em que as lojas estão fechadas, está a assistir-se ao “aumento exponencial do comércio online promovido por grandes multinacionais sediadas fora do território nacional”. Este plano será um “apelo à mobilização conjunta do setor para defender o retalho em lojas físicas em Portugal”.

Para isso, a APCC defende que é “fundamental a contribuição de todos os intervenientes com responsabilidades no setor e do Governo, para que este plano encontre soluções e apoios para todo o comércio de forma integrada”. Assim, vão começar a ser realizadas várias reuniões com os representantes do setor para “construir uma resposta à crise”.

A associação explica que este plano “assume especial importância” numa altura em que os centros comerciais registaram perdas superiores a 600 milhões de euros nas ajudas dadas aos lojistas. Em 2020, foram encerradas cerca de 200 lojas nos espaços representados pela APCC, o “número mais alto alguma vez verificado num só ano, superior mesmo ao que se verificou nos anos da intervenção da troika”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centros comerciais preparam plano de retoma para abrir portas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião