Direto “Há condições para continuar desconfinamento a conta-gotas”. Medidas a partir de 5 de abril decididas dia 1

O Governo promove esta sexta-feira uma conferência de imprensa para explicar as decisões tomadas pelo Conselho de Ministros, incluindo a obrigação de teletrabalho até 31 de dezembro de 2021.

O Conselho de Ministros esteve reunido na quinta-feira e algumas decisões já são conhecidas. Entre elas está a manutenção do regime de teletrabalho sempre que possível, pelo menos, até ao fim do ano, assim como o desfasamento de horários de trabalho.

Agora, numa conferência de imprensa a poucos dias da Páscoa, o Executivo explica as decisões tomadas e vai apelar aos portugueses para que se mantenham em confinamento. Há um plano de reabertura em curso, mas só pode continuar se a situação pandémica continuar a aliviar.

Também esta sexta-feira, a partir da meia-noite, os portugueses ficaram formalmente impedidos de saírem dos respetivos concelhos de residência. A proibição vai manter-se em vigor por dez dias, até 5 de abril, já depois da Páscoa, numa decisão que foi tomada de surpresa esta semana.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Há condições para continuar desconfinamento a conta-gotas”. Medidas a partir de 5 de abril decididas dia 1

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião