Portugal é dos poucos países que não vacina quem já teve Covid-19. Ordem dos Médicos quer mudança nas regras

Ordem dos Médicos quer vacinação para profissionais de saúde e pessoas com 80 ou mais anos que já tiveram Covid-19 há mais de 90 dias. Portugal e Islândia são os únicos na Europa que não o fazem.

A Ordem dos Médicos (OM) apela à Direção-Geral da Saúde (DGS) que reveja a norma que impede a vacinação das pessoas que já estiveram infetadas com SARS-CoV-2 (o vírus que provoca a Covid-19), especialmente profissionais de saúde. Em comunicado divulgado esta terça-feira, a OM cita um estudo do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC, sigla em inglês) que destaca a não vacinação destas pessoas em Portugal.

O estudo do ECDC, divulgado na segunda-feira, mostra que Portugal e a Islândia são os únicos países que ainda não estão a incluir nas suas campanhas de vacinação as pessoas que estiveram previamente infetadas com o novo coronavírus. Segundo o relatório, o assunto está “em discussão” no país.

De acordo com o ECDC, há duas estratégias adotadas pelos outros países europeus. A primeira é dar apenas uma dose, como se faz em sete países, inclusive Itália e Espanha. A outra hipótese é vacinar por completo estas pessoas, a opção escolhida pela maioria dos países analisados (15), como a Alemanha e Bélgica.

“A pandemia tem-nos levado a tomar algumas decisões ainda em cenário de incerteza, mas desta vez temos já evidência científica suficiente para percebermos que o risco de reinfeção é real e que mesmo em quem teve formas graves da doença é possível acontecer uma nova infeção em prazos que não conseguimos determinar”, explica o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, citado em comunicado, apelando à revisão da norma, especialmente nos profissionais de saúde devido à exposição ao risco.

A proposta apresentada pela Ordem passa pela inclusão nos primeiros grupos a serem vacinados de profissionais de saúde e pessoas com 80 ou mais anos que já tiveram Covid-19 há mais de 90 dias. “A evidência científica disponível documenta um risco crescente de reinfeção após os 90 dias, sobretudo nos indivíduos com idade igual ou superior a 65 anos e nos imunodeprimidos. É, igualmente, de considerar um aumento do risco em resultado da circulação de novas variantes”, lê-se na nota divulgada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal é dos poucos países que não vacina quem já teve Covid-19. Ordem dos Médicos quer mudança nas regras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião