“Explosão” de multimilionários em ano de pandemia. Bezos lidera

Ranking da Forbes dá conta de um forte aumento no número de multimilionários. Há 2.755 ultra ricos, com Bezos à frente de Musk. EUA dominam a lista, enquanto Portugal tem apenas um representante.

A pandemia provocou uma forte recessão global. Arrasou negócios, castigou muitas famílias, mas outras ficaram mais ricas do que nunca, aproveitando os recordes nas bolsas. O número de multimilionários “explodiu”, de acordo com a Forbes. A lista aumentou de forma expressiva, com Jeff Bezos a liderar pelo quarto ano consecutivo, à frente de Elon Musk, sendo que no ranking “fala-se” português através das herdeiras de Américo Amorim.

O número de multimilionários subiu em 660, passando para um recorde de 2.755 ultra ricos, de acordo com a lista da publicação de referência norte-americana. E 493 são novas entradas, muitas delas resultantes de colocações em bolsa de empresas, dos recordes nas cotações das ações, mas também da loucura em torno das criptomoedas.

No total, a fortuna destes multimilionários ascende, atualmente, a 13,1 biliões de dólares, um aumento de oito biliões face a 2020, de acordo com dados da Forbes.

No topo do ranking não há novidades. Jeff Bezos, o patrão da Amazon, volta a liderar a lista da Forbes, acumulando uma fortuna de 177 mil milhões de dólares. Em ano de pandemia, as compras online dispararam, o que contribuiu para engordar a conta bancária do multimilionário norte-americano que ninguém conseguiu destronar.

A fortuna de Elon Musk pareceu um foguetão a levantar voo. O dono da Tesla disparou para o segundo lugar do ranking, aparecendo nesta 35.ª lista anual da Forbes com um total de 151 mil milhões de dólares.

Em terceiro está Bernard Arnault e a família, à frente de Bill Gates, que tem uma fortuna avaliada em 124 mil milhões de dólares, mais do que os 97 mil milhões de Mark Zuckerberg.

Buffett, Larry Page e Sergey Brin, da Google, e Larry Ellison, da Oracle, estão também no top, sendo que a fechar o ranking dos 10 mais ricos surge ainda Mukesh Ambani, que com negócios de petróleo, telecomunicações e retalho apresenta uma fortuna de 84,5 mil milhões.

Nos 10 mais ricos, oito são norte-americanos, havendo apenas um francês e um indiano a impedir o pleno. No global, entre os 2.755 ultra ricos, os EUA dominam, com 724 afortunados, seguidos da China que bate a Europa.

Portugal conta apenas com um representante no ranking da Forbes, as herdeiras de Américo Amorim. De acordo com a publicação norte-americana, a fortuna de Maria Fernanda Amorim e as três filhas, entre elas Paula Amorim, acionista da Galp Energia, ascende a 4,7 mil milhões de dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Explosão” de multimilionários em ano de pandemia. Bezos lidera

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião