Fusão Unicaja-Liberbank mexe com quatro seguradoras

  • ECO Seguros
  • 6 Abril 2021

Duas seguradoras têm relação comercial com um dos bancos, enquanto outras duas companhias vão além dos acordos de distribuição, num caso como acionista e, noutro ainda, como participada dos bancos.

A fusão Unicaja-Liberbank, operação de absorção aprovada no último dia de março pelos acionistas das duas entidades espanholas, deverá alterar a relação da nova entidade com, pelo menos, quatro seguradoras, sobretudo em negócios no ramo Vida.

A reorganização do negócio segurador da entidade emergente – que, a partir de julho, começa a operar como um banco único, em termos jurídicos -, envolverá negociação sobre o futuro da distribuição de seguros e dos acordos de banca seguros que existiam antes da fusão.

Entre as seguradoras envolvidas, a Santalucía é parceira de bancassurance (e acionista) do Unicaja, enquanto a Aegon tem acordo comercial com o Liberbank e a Caser é contratante (e participada pelos dois bancos, Unicaja e Liberbank) no ramo não Vida. A equação acrescenta ainda a Mapfre que, tendo sido parceira do desaparecido Banco Castilla-La Mancha (entretanto absorvido pelo Liberbank), tornou-se parceiro do agora absorvido pelo Unicaja.

A necessidade de renegociar as relações nos seguros é conhecida desde outubro de 2020, quando as administrações das duas entidades acordaram a operação que conduz à integração do Liberbank no Unicaja Banco.

A fusão (por absorção) acaba de obter luz verde dos acionistas dos dois lados e vai criar o quinto maior banco espanhol, representado por 113 mil milhões de euros em ativos. A combinação supôs custo estimado de 1,2 mil milhões de euros e a entidade resultante da fusão terá poupanças anuais estimadas em 192 milhões de euros.

Com uma carteira com 4,5 milhões de clientes, o banco emergente da fusão será líder em cerca de um terço das 17 comunidades autónomas de Espanha.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fusão Unicaja-Liberbank mexe com quatro seguradoras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião