Linha circular em 2024. Mudanças nos transportes permitiram que “saíssemos do congelador”, diz Costa

A linha circular do Metro de Lisboa deve abrir em 2024. Primeiro-ministro aponta que vai ajudar a atingir objetivo da neutralidade carbónica, e permitir a melhoria da rede.

O projeto da linha circular no Metropolitano de Lisboa vai avançar, e deverá abrir ao público em 2024. O primeiro-ministro aponta que esta empreitada vai contribuir para atingir o objetivo da neutralidade carbónica no país, sublinhando também que a descentralização das competências das autoridades de transportespermitiu que saíssemos do congelador onde nos encontrávamos para a atividade em que estamos”.

António Costa salientou que “esta obra é muito importante, porque apesar de estarmos a passar pela maior crise sanitária, económica e social, o metro não vai parar e vai alargar”, na assinatura do auto de consignação do Lote 1 do Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa. É também um passo para atingir a neutralidade carbónica em 2050, sendo que o investimento tem de “começar já hoje”.

O primeiro-ministro aponta que cada decisão de linha de metro leva muito tempo a ser concretizada, sendo que toda rede tem que ser construída, tem de ser desenvolvida e incorporada na vida dos cidadãos”. Desta forma, “mudança de paradigma” é algo que “implica tempo” e é por isso que as obras têm de avançar, aponta. A nova linha circular está prevista abrir ao público em 2024, segundo o plano do Metropolitano.

A “linha circular é muito mais do que apanhar o metro no Rato e ir até ao Cais do Sodré”, defende Costa, apontando que a “criação deste anel como elemento central da rede de metro tem um valor essencial”. Serve “todos aqueles que são utentes da linha do metro” e “permite melhoria do metro em toda sua rede”.

Para além disso, Costa salienta ainda que “está bem demonstrado o acerto da opção de descentralização, seja para municípios ou áreas metropolitanas, das competências próprias das autoridades de transportes: mudou completamente panorama e permitiu que saíssemos do congelador onde nos encontrávamos para a atividade em que estamos, mesmo e apesar do confinamento e todos constrangimentos que Covid-19 nos tem imposto”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Linha circular em 2024. Mudanças nos transportes permitiram que “saíssemos do congelador”, diz Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião