Centros de vacinação vão precisar de mais 1.700 profissionais

  • ECO
  • 20 Abril 2021

Estimativas realizadas pelas ARS, pela task force e pelos agrupamentos de centros de saúde mostram que serão precisos mais cerca de mil enfermeiros, 140 médicos e 570 auxiliares.

Os centros de vacinação que têm vindo a administrar as vacinas contra a Covid-19 vão necessitar de mais 1.700 profissionais. Como avança esta terça-feira o Público (acesso condicionado), este é o número de pessoas necessário para se reforçar as equipas de inoculação, para que estas, a partir do início de maio, consigam atingir o objetivo de vacinar, em média, pelo menos 100 mil pessoas por dia.

As mais recentes estimativas neste âmbito, elaboradas em conjunto pelas administrações regionais de saúde (ARS), pela task force responsável pelo plano de vacinação e pelos agrupamentos de centros de saúde (ACES) revelam que serão necessários mais cerca de mil enfermeiros, 140 médicos e 570 auxiliares. Porém, ficam ainda por conhecer as necessidades de uma ARS.

Assim, para que se assegure um processo de vacinação em massa e de forma célere em todo o país, são precisos cerca de 500 médicos e 2.500 enfermeiros, considerando tanto os que vêm dos centros de saúde, como os que vão ser contratados. Os cálculos mostram ainda, por sua vez, que bastarão 850 auxiliares de saúde para assegurar esta campanha.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centros de vacinação vão precisar de mais 1.700 profissionais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião