Wall Street negoceia em baixa com novo recorde de casos de Covid-19

No dia em que a Índia reportou um novo máximo histórico mundial de novos casos diários de Covid-19, as bolsas norte-americanas negoceiam em baixa, apesar dos dados positivos do mercado laboral.

Wall Street negoceia em baixa ligeira esta quinta-feira. Os investidores estão a pesar na balança o novo recorde diário de casos de Covid-19 registado na Índia, bem como os dados positivos do mercado laboral norte-americano.

O S&P 500 cai 0,11%, para 4.169,02 pontos, enquanto o industrial Dow Jones cede 0,17% para 34.080,41 pontos. O tecnológico Nasdaq negoceia virtualmente inalterado, com uma queda marginal de 0,02%, cotado nos 13.947,61 pontos.

No dia em que a Índia registou um novo máximo histórico global nos novos casos diários de Covid-19, acima das 314 mil novas infeções, os investidores voltam a ter receio de que as variantes mais infecciosas do SARS-CoV-2 possam espoletar novas vagas da pandemia e dificultar o processo de vacinação em curso.

Contudo, as negociações estão a ser amparadas pela informação semanal do Departamento do Trabalho, que mostra que os pedidos de subsídio de desemprego nos EUA atingiram 547 mil na semana passada. É um novo mínimo deste período de pandemia.

A Apple recua 0,38%, enquanto a corretora de criptomoedas Coinbase volta a desvalorizar, perdendo 0,70% em bolsa. A farmacêutica Moderna cai 1,35%.

Em sentido inverso, a AT&T destaca-se pela positiva e ganha 3,82%. A operadora norte-americana bateu as estimativas de receitas dos analistas, amparada pelo negócio de media e pelas vendas de telemóveis.

Deste lado do Atlântico, o europeu Stoxx 600 soma 0,50%, para 438,81 pontos, depois de o Banco Central Europeu (BCE) ter prometido que vai continuar as compras de dívida a um ritmo “significativamente mais elevado”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street negoceia em baixa com novo recorde de casos de Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião